A Associação Um Animal Um Amiga deu 17 gatos e 15 cães. Desta vez, a associação optou pela prevenção e colocou chip em todos os animais para evitar mais abandonos.

 "O balanço da Expotrofa foi muito positivo, porque as pessoas aderiram em força à nossa chamada via mail e sms", adiantou Silvia Coutinho, presidente da Associação Um Animal Um Amigo (AUAUA).

Para além de ter ajudado na divulgação da associação, o certame contribuiu ainda "para termos contacto com a população e podermos dar-lhes certas informações das quais não tinham conhecimento como é o caso dos hotéis que existem na nossa região, onde se situa o nosso canil, como fazer uma adopção consciente, o que é um chip e como é a sua colocação, uma vez que já é obrigatório para todos os animais nascidos desde um de Julho deste ano, entre outras situações", explicou a responsável.

"Por outro lado as pessoas ficaram a conhecer o nosso trabalho e que os animais abandonados deste concelho já tem uma mão amiga que os vai ajudar", acrescentou Silvia Coutinho. Durante os nove dias em que decorreu a Expotrofa, no Parque Nossa Senhora das Dores, a AUAUA deu para adopção 17 gatos e 15 cães, "todos chipados", referiu a responsável, para que assim possam evitar mais abandonos. O chip que é colocado no animal permite saber quem o adoptou e os contactos dessa pessoa.

A associação prevê agora uma campanha de sensibilização para a esterilização de cadelas e também para o não abandono dos animais de estimação.

Sílvia Coutinho agradeceu ainda aos voluntários e sócios "que trabalharam arduamente durante esta semana e que tanto contribuíram para o êxito e grande divulgação do nosso trabalho e da nossa associação".