Autarquia trofense divulgou no sábado, 3 de março, as potencialidades culturais e gastronómicas na Bolsa de Turismo de Lisboa.

Com a intenção de promover o concelho da Trofa, como produto turístico, a Câmara Municipal aceitou o convite e marcou presença na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorreu na FIL, no Parque de Nações, em Lisboa.

Com esta participação, a autarquia deu a conhecer as potencialidades locais, tais como a gastronomia, artesanato e música. Para este certame, que recebeu milhares de visitantes, a Câmara Municipal levou as tradicionais rabanadas, que são já protagonistas de um concurso anual da Festa da Rabanada, a maçã assada, sobremesa oficial dos “Fins de Semana Gastronómicos”, que decorre no concelho a 23, 24 e 25 de março, não esquecendo o Vinho Verde Castro Trofa e ainda o mel de produção tradicional, da empresa Apisantos.

Além disso, a comitiva, liderada por José Magalhães Moreira, vice-presidente da Câmara Municipal da Trofa e vereador do Turismo, apostou, também, na divulgação do artesanato local, convidando o artesão Abílio Cardoso, da Oficina Artesana, para apresentar os seus brinquedos de produção tradicional. Já a animação do município da Trofa ficou a cargo de um grupo de jovens instrumentistas da Banda de Música da Trofa, que animaram a tarde com um medley ritmado que agradou aos muitos visitantes da BTL. “A apresentação da Trofa na BTL foi mais um exemplo de coesão e de uma profícua promoção em escala, afirmando-se como mais um momento de projeção do trabalho que o concelho tem desenvolvido na área da promoção e consolidação turística”, relembrou José Magalhães Moreira.

A presença trofense teve lugar no âmbito da área dinamizada pela Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, no sentido de dar um contributo decisivo para cimentar a BTL como certame líder nacional, como plataforma renovada de negócios e da promoção turística nacional e internacional.

{fcomment}