Transformar o “Porto e Norte de Portugal” no terceiro destino turístico nacional é a principal meta a atingir pela Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, um organismo ao qual aderiram já 80 municípios, entre eles, o concelho da Trofa. Melchior Moreira será o futuro presidente da nova Entidade Regional de Turismo, encabeçando a única lista para a direcção, que será eleita esta sexta-feira.

“Temos claramente condições para, a curto ou médio prazo, sermos o terceiro destino turístico nacional”, afirmou Melchior Moreira.

Francisco Sampaio é o mandatário da candidatura, histórico presidente da agora extinta Região de Turismo do Alto Minho. Para atingir o objectivo de transformar o Porto e Norte de Portugal no terceiro destino turístico nacional as metas estão traçadas: 30 mil camas (actualmente existem 26 mil), cinco milhões de dormidas (contra os actuais três milhões) e 4,5 milhões de receitas (hoje são três milhões).

“Por um lugar no pódio… a Norte mil emoções” é o slogan da candidatura que pretende que o “Porto e Norte de Portugal” ultrapasse a Madeira como terceiro destino turístico nacional, ficando logo a seguir ao Algarve e a Lisboa.

A criação de lojas de turismo interactivas em todos os municípios aderentes, entre eles, o concelho da Trofa, bem como no Aeroporto Sá Carneiro e no terminal dos cruzeiros em Leixões é uma das principais aposta definidas por Melchior Moreira, para o primeiro ano do mandato.

O investimento “forte” na instalação de sinalética própria, identificativa da região e dos seus produtos estratégicos é outro dos objectivos da Entidade de Regional de Turismo para este ano.

Melchior Moreira prometeu ainda “manter e intensificar” as relações com a Galiza, desde logo com a instalação de lojas de turismo também nas zonas de fronteira.

Quem não aderiu à Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal foram os municípios de Vila Real, Murça, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião e Alijó. Também Braga não integrou a entidade, mas relativamente a este município, Melchior Moreira manifestou-se “plenamente confiante”que a adesão deverá acontecer no decorrer deste ano.

Melchior Moreira foi presidente da Região de Turismo do Douro Sul, tendo nesta candidatura como números dois e três, respectivamente, Júlio Meirinhos, ex-presidente da Região de Turismo do Nordeste Transmontano, e António Mota, ex-presidente da Região de Turismo do Alto Tâmega e Barroso.

A lista para a Mesa da Assembleia Geral é presidida por António Castro Fernandes, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso.

A Entidade Regional de Turismo terá sede em Viana do Castelo e delegações no Porto, Guimarães, Chaves, Bragança e Braga e é composta por quatro destinos (Porto, Minho, Douro e Trás-os-Montes). A Entidade Regional de Turismo apresenta, como prioritários nove produtos turísticos. São eles os negócios, urbano, natureza, náutico, gastronomia e vinhos, saúde e bem-estar, histórico e cultural, golfe e religioso.