Em 2009, o concelho da Trofa ultrapassou o limite de endividamento estipulado por lei em mais de 19 milhões de euros. Presidente da Câmara receia perder verbas do Estado e antevê aumento do passivo com “dívida de gaveta que não foi oficializada em tempo devido pelo anterior executivo”.

A Trofa é o quinto concelho do país com o maior valor de endividamento em excesso registado em 2009.

Com base nas listas publicadas pela Direcção-Geral das Autarquias Locais (DGAL), a Trofa apresentou um excesso de endividamento superior a 19 milhões de euros, que poderá ter “repercussões fortes” na atribuição de verbas por parte do Estado.

A autarquia já foi contactada pela DGAL para justificar esta violação e espera pelo veredicto final, que pode ditar um corte nas transferências do Orçamento de Estado de dez por cento em cada ano até corrigir o excesso ocorrido em 2009.

A esta penalização juntam-se os cortes nas transferências que o Governo anunciou de cinco por cento para 2010 e cinco por cento para 2011.

Saiba mais sobre este assunto nesta edição do jornal O Notícias da Trofa, já nas bancas.