Nos últimos dias, na freguesia do Muro, a antiga linha ferroviária tem sido alvo de intervenção, com trabalhos no solo, que suscitaram a curiosidade da população. Ansiosos por verem no terreno o início das obras de construção da extensão da Linha Verde da rede do Metro do Porto, que ligará a Trofa ao ISMAI, na Maia, os murenses acalentaram a esperança, mas a verdade é que as obras que decorrem nada têm a ver com esse projeto.

Contactada pelo NT, fonte da Metro do Porto esclareceu que decorrem “trabalhos que compreendem apenas a execução de órgãos de drenagem em alguns troços do antigo canal ferroviário, de forma a mitigar os problemas originados pela acumulação permanente de água nos pontos baixos do canal, em especial junto às habitações”.

“Trata-se, portanto, de uma empreitada de manutenção – à semelhança de inúmeras outras que foram realizadas desde que a Metro do Porto assumiu a propriedade do canal ferroviário da antiga linha -, e não está relacionada com qualquer extensão da linha do Metro”, atestou.