trofenseleixoes1011

Trofense e Leixões empataram hoje na Trofa, 1-1, em encontro da primeira jornada da primeira fase do Grupo A da Taça da Liga em futebol, com os dois golos a resultarem da marcação de grandes penalidades.

Reguila e Fangueiro converteram as grandes penalidades, uma a abrir a partida (03 minutos), para os donos da “casa”, e outra nos descontos (90+4).

No primeiro jogo oficial da época 2011/12, os treinadores António Sousa e Litos apostaram em “onzes” iniciais já com muitos reforços.

Do lado dos trofenses, destaque para as estreias de Elvis (ex-Feirense) e de Pedro Araújo (ex-Beira-Mar) na defesa e de edú (emprestado pelo FC Porto) no meio campo.

Os leixonenses alinharam com Diego Mourão, o melhor marcador do Vizela da II Divisão na época passada, como ponta de lança, Waldson (ex-Bahia) nas redes, e André Carvalho (ex-Varzim), Joel (ex-Ermis Aradippou), Weslem (ex-Penafiel), Capela (ex-Milheiroense) e Florent (ex-Le Havre).

Depois de uma pré-epoca atribulada por ter caído num quase vazio diretivo e ainda sem ter terminado de constituir o seu plantel, o Trofense começou as competições oficiais com o pé direito.

No primeiro lance de jogo, estavam decorridos 40 segundos, o juiz madeirense Marco Ferreira considerou que Nuno Silva fez falta, na pequena área, sobre Reguila que na conversão da grande penalidade fez o primeiro tento para a equipa da casa (três minutos). Este golo é o centésimo do avançado ao serviço do Trofense.

Com este golo madrugador, a equipa da Trofa tornou-se cautelosa, dando terreno aos homens de Matosinhos. Aos sete minutos, Diego Mourão podia ter empatado mas permitiu defesa apertada de Marco.

Depois foi Feliciano, que, aos 16, atirou por cima. Aos 42, Fangueiro fez um passe cirúrgico para desmarcar Feliciano, mas o remate saiu torto.

Na segunda parte, os matosinhenses apostaram tudo no ataque, mas os remates de Diego Mourão (55 e 76 minutos) e Hernâni (73 e 86) teimaram em não entrar. Nota para o disparo de fora da área de Paulinho, ao 67 minutos, que obrigou Marco a fazer a defesa da tarde.

Os locais só conseguiam chegar à baliza leixonense através de lances de contra-ataque. André Viana esteve perto de ampliar, aos 65 minutos.

O jogo acabaria como tinha começado: com uma grande penalidade. O árbitro considerou que Feliciano foi derrubado por André Viana. Fangueiro fez a 30 segundos do fim da partida o empate.

Na próxima jornada desta primeira fase, o Trofense recebe o Panafiel, enquanto o Leixões vai a Belém defrontar o Belenenses.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Leixões, 1-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Reguila, 03 minutos (g.p.).

1-1, Fangueiro, 90+4 minutos (g.p.).

Equipas:

– Trofense: Marco, Rafa (Pedro Santos, 61), Santos, Elvis, Pedro Araújo, Tiago, Edú, Caicó (André Viana, 61), Zé Manel, Moustapha (Moura, 74) e Reguila.

(Suplentes: Ricardo, Moreilândia, Moura, André Viana e Pedro Santos).

– Leixões: Waldson, Jean Sony, Nuno Silva, Joel, Florent (Paulinho, 67), Paulo Tavares, Capela (Hernâni, 57), André Carvalho (Fangueiro, 39), Feliciano, Wesllem e Diego Mourão.

(Suplentes: Fonseca, Paulinho, Zé Pedro, Nelson, Fangueiro, Hernâni e Luís Silva).

Árbitro: Marco Ferreira (Madeira).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Nuno Silva (02), Zé Manel (25), Caicó (31), Capela (45), Paulinho (68), Pedro Santos (72) e André Viana (90+3).

Assistência: Cerca de 600 espectadores.

{fcomment}