Podia ter sido mentira, mas aconteceu mesmo. No dia um de Abril, cerca da uma hora, um indivíduo de 19 anos, residente na Trofa, foi interceptado pela GNR da Trofa e acabou por abalroar duas viaturas da guarda.

A condução de forma perigosa teve início na Zona Industrial de Lantemil, freguesia de Santiago de Bougado, quando o indivíduo, já conhecido das autoridades pela prática de vários crimes, foi mandado parar. Depois de efectuados vários tipos de sinais luminosos pela patrulha, o indivíduo iniciou a fuga.

Uma segunda patrulha que circulava no sentido Porto- Trofa apercebeu-se da fuga e tentou barrar a passagem do indivíduo, que circulava num veículo ligeiro de passageiros, da marca Opel Corsa, de cor preta, que não foi viável devido à circulação de outros veículos na estrada.

O jovem continuou a fuga e por duas vezes pôs em perigo a vida de dois condutores que foram obrigados a desviar-se para evitar a colisão. O primeiro no cruzamento entre a EN 14 e a Avenida dos Emigrantes, na freguesia de Santiago de Bougado, e o outro junto ao supermercado Modelo, quando contornou a rotunda pelo lado esquerdo.

Já na Rua Aldeias de Cima, uma das patrulhas ladeou o veículo do indivíduo para o tentar mobilizar e de acordo com fonte policial, o jovem embateu de forma propositada numa das viaturas da guarda. Conseguindo abrir caminho, o indivíduo escapou e na Rua Cruz das Almas voltou a embater na outra viatura da GNR, para evitar que os guardas o travassem e perdeu o controle do veículo. Com a viatura imobilizada os guardas seguiram a pé para tentar abordar o jovem, que engrenou a marcha-atrás e bateu novamente na viatura da GNR, conseguindo fugir.

Os guardas seguiram-no até à sua residência onde ao tentar saltar o portão o indivíduo caiu e acabou por ser detido.

 

O jovem foi detido por condução perigosa e por não ter habilitação legal para conduzir. Esta não foi a primeira vez que o indivíduo foi detido pela GNR por cometer o mesmo tipo de crime (conduzir sem carta). Mais tarde foi constituído arguido e o processo baixou a inquérito.