A descrença que invadiu os atletas da Trofa foi afectada ainda mais pela ascensão do Rebordosa, que com o decorrer do tempo passou a acreditar que poderia fazer história na Taça. E fez…

  O Rebordosa fez o impensável, ao eliminar o Trofense na 3ª eliminatória da Taça de Portugal, na estreia da equipa da Trofa na competição. O tento solitário de Silvério aos 85 minutos quebrou as aspirações dos trofenses em seguir em frente e premiou a excelente atitude dos atletas de Adriano Teixeira que não se deixaram intimidar pelo favoritismo do adversário, que milita dois escalões acima do seu, 3ª divisão nacional, série B.

Com um sector defensivo quase todo composto por jogadores menos utilizados, à excepção de Milton do Ò, que segurou lugar no centro da defesa, o Trofense foi superior em grande parte do jogo, com Fábio Paim e Paulo Sérgio a assumirem o protagonismo ofensivo da equipa, no entanto, sem conseguirem desfazer a bem escalonada defesa do Rebordosa.

Por seu lado, os pupilos de Adriano Teixeira, que ocupam o sétimo lugar do seu campeonato, nunca esqueceram a dimensão do adversário, mas não se intimidaram com o poderio de alguns nomes do plantel trofense.

Mais forte na posse de bola e nas investidas ofensivas, o conjunto comandado por António Conceição poderia ir para o intervalo a vencer, mas a eficácia nunca foi conseguida. Até Reguila foi afectado pelo dia não da finalização trofense. Com a sua entrada a frente de ataque ficou mais afoita, mas nunca demonstrou clarividência suficiente para visar a baliza defendida por Ivo.

A descrença começou a invadir os atletas da Trofa que foram confrontados, por outro lado, pela ascensão do Rebordosa, que com o decorrer do tempo passou a acreditar que poderia fazer história na Taça.

André Barreto perdeu uma soberana oportunidade para marcar e o que se seguiu foram sucessivos avisos, que acabariam por resultar no golo do Rebordosa. Primeiro Domingos com um remate à trave, seguindo-se Pedro Oliveira com um remate perigoso. Aos 85 minutos, quando todos esperavam pelo prolongamento, a equipa da casa chegou ao golo que lhe daria a passagem à próxima eliminatória. Fábio, pelo flanco direito, cruzou para Jorginho, que deixou para Silvério, que encheu o pé e fuzilou as redes de Vitor.

 

Estoril, Varzim e Gondomar juntam-se ao Trofense

Numa ronda em que quatro equipas da Liga Vitalis disseram adeus à Taça de Portugal – juntamente com Trofense, Estoril, Gondomar e Varzim não foram além da terceira eliminatória, apesar de terem sido eliminados por equipas do mesmo escalão – apuraram-se oito clubes da 3ª Divisão para a próxima etapa, que já inclui equipas da Bwin Liga.

Rio Ave e Santa Clara, 2º e 3º classificados da Liga de Honra, não se livraram do susto, e apenas conseguiram o apuramento depois do prolongamento.

Os vilacondenses venceram o Odivelas apenas nas grandes penalidades por 5-3 e os açorianos afastaram o Oliveira do Bairro após prolongamento por 3-1.

Mais surpresas surgiram dos jogos que ditaram a passagem de Mondinense (equipa que o Atlético Clube Bougadense eliminou na época passada na mesma competição), Torre de Moncorvo e Monsanto, todos da 3º Divisão e que eliminaram respectivamente Pontassolense, Penalva do Castelo e Esmoriz, estes da 2ª Divisão.

O sorteio da 4.ª ronda realiza-se na quinta-feira, na sede da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), estando os jogos marcados para 9 de Dezembro.

 

Jogo: Complexo Desportivo de Azevide

Rebordosa: Ivo, Fábio, Isidro, Sandro, Domingos, Pedro Oliveira, Ita (Coluna, 53'), Pilhas (Amado, 90+2'), Leal (Cerqueira, 79'), Silvério e Jorginho

Treinador: Adriano Teixeira

Trofense: Vítor, Bessa, Milton do Ó, Idalécio, Fernando Diniz (Rui Borges I, 79'), Kazeem (Reguila, 45'), André Barreto, Pinheiro, Fábio Paim, Paulo Sérgio (Marcos António, 88') e Edu Souza

Treinador: António Conceição

Árbitro: Rui Costa (AF Porto)

Cartões Amarelos: Ivo (58'), Domingos (68'), Fábio Paim (78'), André Barreto (88'), Jorginho (88' e 89') e Sandro (90'+5')

Cartão Vermelho: Jorginho (89')

Marcadores: Silvério (85')

Resultado ao intervalo: 0-0

Resultado final: 1-0