De 29 de março a 4 de abril, cerca de duas dezenas de especialistas de diversas áreas, desde a medicina à assistência espiritual, passando pelo desporto à economia e apoio social, falaram dos impactos e dos desafios com que a população se confrontou com a pandemia de Covid-19.
O Summit La Mask foi promovido pela empresa trofense La Mask, de forma inteiramente digital e de participação gratuita.

“Chegamos ao fim com a sensação de que cumprimos com responsabilidade social o nosso dever cívico de bem informar e capacitar o cidadão comum para o grande desafio da era Covid-19. O evento foi muito bem recebido pelo nosso público, tendo contado com a inscrição de 600 pessoas e uma participação assídua de 450 pessoas”, contou Filipa Couto, responsável pela organização do evento.

Destacando “a necessidade que o público em geral sente de estar bem informado”, Filipa Couto defende que “eventos que conjugam especialistas de várias áreas cumprem um papel fundamental na capacitação do cidadão comum através da facilidade, proximidade e rapidez com que são capazes de disseminar informações de qualidade”.

“Ficou claro aqui o benefício que este tipo de eventos pode oferecer para melhor resolver ou atenuar o impacto de um problema de saúde pública e esse é o feedback que muito positivamente nos foi chegando”, frisou.

Os vídeos mais concorridos foram, segundo a responsável, os “dedicados à saúde”, o que é tido como “uma vontade” do público de “conhecer mais e melhor” o vírus e a doença.

“Não podemos de facto baixar a guarda e, mesmo apesar da vacinação, as medidas de prevenção devem continuar”, concluiu.