Select Page

S.Romão termina época goleado

S.Romão termina época goleado

  Uma derrota por oito bolas foi o resultado do jogo do passado Domingo dia 1 de Abril. Não foi uma brincadeira do dia das mentiras, mas sim o resultado da euforia do Lavrense que com esta vitória consegui a conquista do título.

O campo do S.Romão encheu-se no passado Domingo com apoiantes do Lavrense para assistirem ao último jogo desta época, no qual uma vitória daria ao visitante a conquista do título de vencedor desta época da II Divisão Distrital.

 O Lavrense entrou em campo com garra e com vontade de fazer um bom jogo para a grande massa de apoiantes que se deslocou a S.Romão para os apoiar. Assim, cinco minutos decorridos do início da partida, o atleta do Lavrense Freitas consegue passar a defesa do S.Romão e inaugurar o marcador. Passados três minutos, João Pedro vai marcar o segundo golo da partida, ao rematar a bola para a parte interior da trave da baliza do S.Romão, acabando esta por entrar.

Com o resultado de 0-2 os apoiantes do Lavrense comemoravam eufóricos, enquanto aumentavam os cânticos de apoio à sua equipa, que ao minuto doze volta a marcar, novamente pelo jogador Freitas.

Denotava-se alguma desmotivação na equipa do S.Romão pelo resultado e pelas poucas possibilidades de chegar à baliza do adversário, face à eficácia defensiva do Lavrense.

A meia hora de jogo assistiu a um penalty, por falta cometida na área do S.Romão, mas Ricardo consegue defender o remate.

Aos quarenta e quatro minutos a bola volta a entrar na baliza do S.Romão, por auto-golo de Pepe, que apesar do grande esforço em tentar retirar a bola de cima da linha de baliza, acaba por ser o último a tocar no esférico antes de se dar o golo.

Com o reinício da partida assistimos a uma jogada de algum perigo para a baliza do Lavrense. No seguimento da marcação de um livre, Joca cruza a bola para o segundo poste e Vítor Lopes cabeceia o esférico, mas não consegue acertar na baliza.

Ao minuto cinquenta e três acontece um livre do Lavrense, que é transformado no quinto golo da partida, por João Pedro.

Segundos depois do golo, o S.Romão vê-se reduzido a dez jogadores, pela atribuição de um vermelho directo a Miguel.

O sexto golo chega ao minuto sessenta e cinco, pelos pés de Freitas e passados dez minutos Carlos marca novo tento.

A perder por sete bolas o S.Romão vê mais um jogador a receber um vermelho directo. A expulsão de Vitó coloca assim o S.Romão apenas com nove jogadores em campo.

Segundos antes do final da partida o Lavrense conquista o oitavo golo e com o apito final o campo enche-se de apoiantes do visitante, que comemoraram entusiasticamente a conquista do primeiro lugar.

Na impossibilidade de falar com o treinador da equipa vencedora que comemorava com o atletas e apoiantes, o NT pediu algumas palavras ao presidente do Lavrense que revelou com bastante orgulho que "é o primeiro ano em que, como presidente, conseguimos alcançar este objectivo. É uma alegria muito grande para mim e para todos os que apoiam o Lavrense". "Penso que foi um resultado pesado para o S.Romão e que o S.Romão não mereceu sofrer tantos golos, mas os nossos jogadores estavam a jogar com muita garra e queriam responder ao grande apoio de toda a massa associativa que os veio apoiar", finalizou.

Armando Santos revelou que "assistimos a um Lavrense que quis fazer o melhor que sabia e acabar o campeonato em grande". Relativamente à actuação da equipa por si comandada, o treinador do S.Romão afirmou ter sido"desmoralizante logo aos doze minutos de jogo já estarmos a perder por três. Também estávamos com poucas opções no banco, tanto que tive que pôr um guarda-redes a jogar a ponta de lança e tudo isto foi desfavorável para a nossa actuação".

II Divisão Distrital

26ª Jornada e Ultima

S.Romão 0 – Lavrense 8

 

S.Romão: Ricardo (Quim Mário, 62'), Folgosa (Jorge, 35'e Ima 62'), Pepe, Baixo, Daniel, Joca, Alex, Cabaço, Vítor Lopes, Miguel e Vitó.

Treinador: Armando Santos

Lavrense: Vasco, Zé Maria, Faial, Marco, Freitas (Tiago 70'), Augusto (Carlos, 67'), João Pedro (Seabra, 61'), Wilson, Pirata, Paulo e Ribeiro.

Suplentes: Nuno, Bruno, Carlos e Grilo.

Treinador: Martins

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização