O reinício das competições depois da pausa no calendário trouxe ao S.Romão uma derrota por uma bola. Com novo treinador, o S.Romão pretende conquistar mais pontos e alcançar um melhor lugar na tabela classificativa.

O S. Romão enfrentou o Pedroso no passado dia 7 de Janeiro, às 15 horas, no campo do S.Romão. A 14ª jornada trouxe assim à equipa da casa um adversário forte, que se encontrava no terceiro lugar.

O jogo foi muito equilibrado, com um maior domínio do S.Romão durante a primeira parte. Aos vinte e três minutos, Baixo de fora da área remata a bola para a baliza do Pedroso, acertando na trave.

O minuto trinta e sete vai presenciar outra ameaça para a baliza do Pedroso, quando Baixo volta a tentar alcançar o golo, mas não conseguiu o feito, acabando por manter-se o resultado num empate a zero até ao fim da primeira parte.

No início da segunda parte a equipa visitante entra em campo com vontade de mudar o resultado. Poucos minutos passados do apito que marcava o início da segunda metade da partida, o Pedroso vai tentar marcar o primeiro golo do jogo, mas sem sucesso.

Decorridos cerca de trinta minutos da segunda parte, Teixeirinha remata a bola para a baliza de Quim Mário, fazendo com que esta, ao bater no poste, passe a linha da baliza. Desta forma o Pedroso assume a vantagem no marcador.

O S.Romão a perder por uma bola e a faltarem escassos minutos para o apito final vai ser reduzido a dez jogadores, após a expulsão de Folgosa, que vê o vermelho ao agarrar o atleta do Pedroso, numa situação que o arbitro considerou de perigo para a baliza do S.Romão e que podia culminar no segundo golo para a equipa visitante.

José Cardoso, treinador da equipa vencedora, revelou ao NT que “foi um jogo em disputado, onde tivemos a felicidade de ganhar e ganhamos bem”.

Armando Santos, a treinar a equipa do S.Romão há uma semana, foi da opinião que tratou-se de “um jogo bem disputado, apesar de termos perdido”. “Tendo em conta que estamos em quarto lugar de baixo para cima e que o Pedroso é o terceiro classificado, considero que até fizemos um bom jogo”.Questionado à cerca dos problemas encontrados quando tomou o comando da formação do S. Romão, Armando Santos afirmou não conhecer o trabalho do antigo treinador, o que fez com que não quisesse pronunciar-se sobre esse aspecto, mas afirmou que “é necessário mais trabalho a nível de preparação física, porque como vimos hoje este foi um factor que nos dificultou acompanhar o adversário e é também importante incutir-lhes hábitos de treino”.

Os objectivos do novo treinador, “já não é a subida de divisão, porque já não temos pontos para isso, pelo menos fazer com que o S. Romão tenha mais vitórias. Vamos trabalhar no sentido de alcançar mais pontos e uma melhor posição na tabela classificativa”, finalizou.

Na jornada 15ª o F.C.S. Romão teve folga no campeonato e na próxima jornada defronta fora o Sporting da Cruz.

II Divisão Distrital da AF Porto

14ª Jornada

S.Romão: Martins, Quim Mário, Carvalho, Barbosa, Daniel, Folgosa, Baixo (Rui Silva, 2ª parte), Miguel, Raimundo (Parreco, 53’), Vitó e Imã (Vítor Lopes, 44’)

Suplentes: Alex, Moutinho, Óscar e Gusto

Treinador: Armando Santos

Pedroso: Moita, Nica, Teixeira, Júlio, Fábio, Hélder Moreira, Pedro (Augusto, 62’), Bino, Teixeira (Hélder Jesus, 62’), Ricardo (Hélder Santos, 44’) e Abel

Suplentes: Valente e Nando

Treinador: José Cardoso

Cartões Amarelos: Martins, Hélder Moreira, Pedro, Barbosa, Vítor Lopes, Miguel e Daniel

Cartões Vermelhos: Folgosa

Resultado ao intervalo: 0-0

Resultado final: 0-1