Três jogos consecutivos sem marcar e com derrotas por uma larga margem tem pesado na moral dos romanenses, que pela segunda semana são batidos por seis bolas sem resposta. Desta vez o carrasco foi o Vilar Pinheiro, que assim continua a sonhar com os lugares da subida. 

A entrada do Vilar Pinheiro na vigésima quinta jornada foi cautelosa, perante um S.Romão que esta época apresenta altos e baixos.

Os primeiros vinte minutos de jogo foram de avaliação do adversário e após isto a equipa da casa avançou o seu onze em direcção às redes romanenses, tendo chegado ao primeiro golo aos vinte e dois minutos, num canto marcado por Tiago, ao qual Soares respondeu de cabeça.

A defesa do S.Romão mostrava-se desorganizada, falhando na cobertura defensiva e contenção, o que facilitou a construção do ataque da casa.

A caminho da meia hora de jogo o Vilar Pinheiro conseguiu um dos seus golos mais fáceis, por Ivo, que colocado em frente à baliza de Jorge apenas teve que encostar a cabeça ao esférico.

As conquistas de bola por Faial, que aproveitou os espaços vazios no seu flanco esquerdo, deram origem a bons ataques. Prova disso foi o golo de Bento, aos trinta e quatro minutos.

Em cima do apito para o intervalo, Jorge deparou-se com dois jogadores do Vilar, sem oposição, o que deu tempo a Tiago para levantar a bola por cima do guardião e estabelecer o 4-0.

Na segunda parte a equipa da casa baixou o seu ritmo, perante um resultado que já garantia os três pontos, o que permitiu ao S.Romão avançar o seu conjunto e, ao contrário da primeira parte, chegar mais vezes à baliza de André, contudo sem sucesso.

Quem não marca sofre… e assim foi. Na segunda parte o marcador teve um aumento de dois golos do Vilar Pinheiro, aos cinquenta e três minutos por Nelsinho e por Cadinha, aos setenta e seis.

Bem perto do final o S.Romão esteve perto do golo de honra, quando Carlos e Vitó se colocaram frente a André, sem oposição. Com Vitó fora de jogo, Carlos limitou-se a rematar a bola para as mãos do Guarda-Redes 

 

Reportagem alargada na próxima edição de “O Notícias da Trofa”, quinta-feira nas bancas.