Um sócio do Trofense enviou um dossier com documentação à PJ, Ministério Público e Inspeção de Finanças, solicitando uma investigação às contas do clube entre 2006 e agosto de 2012.

A denúncia foi feita no início de agosto deste ano. Um sócio do Clube Desportivo Trofense, que foi presidente do clube na década de 70, enviou uma acusação à Polícia Judiciária do Porto, ao Ministério Público e Finanças, na qual sugere uma investigação às contas do clube desde 2006, nos mandatos de José Leitão e Rui Silva. O sócio acusa-os de gerir o Trofense “como verdadeiros donos” do clube, “ignorando por completo os seus estatutos”.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}