Ruas por terminar, buracos sem gradeamento e lixeiras a céu aberto foram alguns dos problemas denunciados pelos socialistas que este sábado visitaram a freguesia de Covelas. Domingos Faria lançou duras críticas à forma como e executivo liderado por Fernando Moreira tem vindo a gerir os "dinheiros da freguesia", acusando ainda o presidente de " incompetência, porque vêm-se trabalhos inúmeros por acabar, dinheiro mal investido

   Conhecer de perto os principais problemas que afligem a população da Freguesia de Covelas foi um dos objectivos da visita que o secretariado do Partido Socialista da Trofa levou a cabo, no passado sábado.

A primeira paragem da comitiva socialista foi na Rua da Gabriela. Aqui os socialistas encontraram um caminho em terra, cheio de buracos e lombas no percurso compreendido entre o Campo de Futebol da Freguesia e as estufas já que no restante trajecto que liga esta estrada à Rua da Capela de S.Gonçalo está asfaltado e em óptimas condições.

Já na Ponte de Coura os socialistas chamaram à atenção para os buracos abertos nas valetas, que servem de conduta às águas pluviais "estão abertos e sem qualquer grade de protecção". Os socialistas alertaram ainda para o mau estado do piso que foi apenas intervencionado da Ponte de Coura até à Capela de S.Gonçalo "o que é deitar dinheiro fora já que este troço vai ser intervencionado com a colocação de saneamento. Deviam sim repavimentar a rua desde a ponte até ao aterro sanitário já que, sendo uma rua com muito movimento e a única ligação ao vizinho concelho de S. Tirso devia estar em melhores condições", frisou Domingos Faria, ex-candidato do PS à Junta de covelas nas últimas eleições.

Domingos Faria lançou duras críticas à forma como e executivo liderado por Fernando Moreira tem vindo a gerir os "dinheiros da freguesia", acusando ainda o presidente de " incompetência, porque vêm-se trabalhos inúmeros por acabar, dinheiro mal investido. Foi no tapete da Rua da Capela de S. Gonçalo até à Ponte de Coura, aquele tapete vai ser todo levantado, foram milhares de euros gastos, ao contrário se fosse gasto da Ponte para cima, nunca iria ser intervencionado porque ai não há vivendas e não ia ser rasgado para meter tubos. É só um interesse cego de ganhar eleições, não olhando a meios, é gastar dinheiro sem critério nenhum", asseverou.

A comitiva seguiu depois para ver de perto uma lixeira existente junto da casa paroquial onde estão depositados poste de electricidade velhos, carcaças de televisões, vidros, plásticos. Os socialistas alertaram ainda para o facto de a Rua Padre Guilherme estar "por pavimentar numa extensão de cerca de 500 metros até à casa paroquial".

Em jeito de balanço a líder do PS Trofa Joana Lima criticou "as más opções políticas seguidas pelo autarca, com obras mal executadas, inacabadas. O presidente da Junta, apesar de todo o respeito que tenho por ele não é um homem de futuro, está cansado, sem motivação. O seu tempo já passou, ele já é autarca há 25 anos e está na hora de dar lugar aos mais novos".

Joana Lima salientou ainda que "os covelenses merecem mais, merecem um presidente de junta mais atento", concluiu..