A nossa vida não é linear, como não é linear a sociedade e os tempos em que vivemos. A vida das pessoas está repleta de desafios, que ora correm bem, ora menos bem e é nesses momentos que nos são exigidas atitudes. As nossas respostas perante os problemas é que nos ajudarão a conquistar o sucesso ou levar-nos ao fracasso. A vida é assim, sempre foi assim e sempre assim será.

O tempo que aí está, cada vez mais exigente e desafiador, não é mais o tempo dos nossos antepassados, que podiam planificar a sua vida com muita antecedência, pois o “açúcar e o arroz aumentavam um tostão só de vez em quando, de trinta em trinta anos”. Eram tempos em que era mais fácil programar a vida. Na época em que vivemos, a volatilidade do tempo e das coisas é assustadora, pois tudo é feito para durar muito pouco tempo e o que é hoje moderno e imprescindível, amanhã torna-se caduco e ilusório, ficando “fora de moda”.

Tudo isto faz com que já não exista a estabilidade e a segurança nos empregos e por contágio nas finanças domésticas. Até na saúde, a instabilidade é muito grande, pois a tristeza da perda do emprego ou da falência da empresa, fazem com que a probabilidade de surgirem doenças psíquicas é muito grande. Um remédio para o combate eficaz às agruras da vida é ser resiliente, que é uma competência essencial nos tempos atuais. Esta competência é intrínseca do ser humano, pois vem dentro de nós, vem da nosso querer, da nossa vontade em mudar o rumo às coisas. É esta atitude, que faz a diferença entre os vencedores e os vencidos.

Hoje, e sempre, é preciso ter vontade, coragem e força para nos levantarmos quando caímos. É preciso enfrentar as adversidades com garra e otimismo e, se possível, com um sorriso. Todos nós, ao longo da vida, já caímos tantas vezes. Então em pequeno, antes de aprendermos a andar caímos tantas e tantas vezes, mas não foi isso que nos fez desistir. Hoje caminhamos sem medo, muito mais seguros e confiantes.

A resiliência é um conceito psicológico, definido como a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas com que a vida o presenteia. Resiliência é a construção de novos caminhos de vida a partir do confronto com situações muito traumáticas. É uma conquista pessoal, que vamos conseguindo problema a problema, dia a dia, etapa a etapa. É assim que crescemos como ser humanos.

Em todas as fases da vida tivemos de mudar. Desde criança que assim é, mas a mudança faz parte da nossa vida e em cada mudança é preciso abandonar atitudes antigas e criar novas, para se conseguir enfrentar com êxito as novas exigências e superar os desafios. A sociedade, a empresa, a família, os amigos, a vida em geral está permanentemente a colocar-nos à prova, com inúmeros desafios que temos de vencer. Uns conseguem com mais facilidade do que outros. A diferença está em ser ou não resiliente.

Ser resiliente não tem nada de acomodação. Ser resiliente é ser autoconfiante, saber controlar as emoções, saber identificar a origem dos problemas e ter a capacidade de lidar com eles, vencer dificuldades e superar obstáculos, sem traumas nem complexos. Assim se faz um vencedor.

José Maria Moreira da Silva

moreira.da.silva@sapo.pt

www.moreiradasilva.pt