Preparava-se para ir buscar os atletas das camadas jovens do clube, na manhã de domingo, quando se deparou com a porta da sede arrombada.

  Um dos delegados do Futebol Clube de S. Romão foi o primeiro a confrontar-se com o assalto à sede do emblema romanense, durante a noite, do qual foram furtados uma máquina de tabaco, um computador portátil, um telefone fixo, uma máquina de chocolates e pastilhas elásticas e ainda algum dinheiro de caixa registadora.

Os assaltantes tentaram entrar pela janela das traseiras, onde colocaram uma escada, mas não conseguiram, pelo que tiveram que arrombar a porta da sede. Os vizinhos não se terão apercebido do assalto.

O responsável contactou a GNR da Trofa, que tomou conta da ocorrência.