A Escola Secundária da Trofa recebeu, entre os dias 21 e 26 de dezembro, a visita dos amigos do alheio, que furtaram material informático, bem como géneros alimentícios.

 Um novo furto foi registado na Escola Secundária da Trofa. Esta é a segunda vez que é furtado material informático do novo edifício, nestes últimos meses.

Segundo Paulino Macedo, presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas da Trofa, o furto deve ter ocorrido entre sexta-feira (21) e a manhã de quarta-feira, dia 26, quando deram conta do delito.

Um computador de secretária, um vídeo projetor, cinco portáteis, dois monitores e, ainda, memórias de um outro computador foram os materiais furtados. Além disso, os indivíduos levaram quatro barras de queijo, bolachas e sumos da marca Compal.

Paulino Macedo acredita que, tal como na última vez, os indivíduos, para acederem ao interior do novo pavilhão da escola, devem ter escalado uma caleira. Do delito não se registou qualquer estrago.

O caso foi entregue à Guarda Nacional Republicana da Trofa.

{fcomment}