O átrio da Escola Secundária da Trofa serviu de mostra da oferta escolar e profissional do estabelecimento de ensino, durante terça-feira, 6 de maio. A Secundária dispõe de quatro cursos profissionais e quatro do ensino regular.

Uma cama de hospital com um doente e vários materiais de saúde, assim como uma mesa onde poderia fazer a medição da pressão arterial. Este era um dos cenários encontrados durante a feira da oferta escolar e profissional da Escola Secundária da Trofa que, no próximo ano letivo, passará a dispor de quatro cursos profissionais e quatro de ensino regular.

A feira foi direcionada para os alunos do 9º ano que estão “numa fase de definir as suas opções de prosseguimento de estudos”, como contou o professor responsável pela iniciativa, Abel Oliveira. Para Mariana Mendes, aluna do 9º ano, a realização da feira “é útil para saber o que vai escolher”, estando ainda “um bocado indecisa” quanto ao curso pelo qual vai enveredar no próximo ano. Também a colega Vitória Para frisou que “é importante” a realização destas feiras, para que possam ver a oferta disponível da escola.

O professor Abel Oliveira adiantou que “já é uma tradição” a apresentação da oferta de cursos “aos alunos do 9º ano, que têm que fazer uma escolha importante no ano letivo”. No ensino profissional, os alunos têm à disposição o Curso Técnico de Gestão, o Curso Técnico Auxiliar de Saúde, o Curso Programador de Sistemas Informáticos e o Curso de Animador Sociocultural. Já no ensino regular, os jovens podem escolher entre as Línguas e Humanidades, Ciências e Tecnologias, Artes Visuais e Ciências Sócio-económicas.

Para Abel Oliveira é “muito importante” a realização desta mostra, porque “a decisão que é tomada por um jovem de 14/15/16 anos tem de ser calibrada, pelas suas próprias expectativas e também pelas expectativas dos pais”. “Ressalvo que é fundamental cumprir as expectativas dos próprios alunos de maneira que são eles que vêm ter contacto direto com aquilo que são as ofertas formativas. Também está programado para hoje (terça-feira) que, antes das reuniões dos encarregados de educação com os diretores de turma, haja uma visita prévia dos pais à mostra para terem também uma ideia de quais são as áreas que a escola pode oferecer”, concluiu.