À semelhança do que é habitual, começaram os treinos da secção de basquetebol da Associação Cultural e Recreativa Vigorosa. O início da época ficou marcado com um treino conjunto, na primeira semana de setembro, para os atletas prosseguirem com os exames médicos e respetivas inscrições.

“Uma vez que o campeonato regressa na primeira semana de outubro é necessário termos toda a parte administrativa completa. Vamos começar já este fim de semana com os primeiros jogos com o ATC de Joane e já saíram também os sorteios dos campeonatos. A partir de 5 de outubro, temos os primeiros jogos oficiais e esperamos que seja uma época desportiva melhor do que se fez o ano passado, que não foi exatamente aquilo que pretendíamos e que não mostrou também a atividade do basquetebol. Esperamos este ano conseguir um bocadinho mais”, contou Paulo Queirós, vice-presidente da área desportiva do Vigorosa.

São cerca de 35 atletas que o Clube tem já preparado para inscrição, pertencentes às equipas de sub14, sub16 e sub18. No caso dos mini basket e sub13 as equipas são mistas e não entram em competição.

“Estamos neste momento a fazer as primeiras captações para os minis que é o escalão que vamos tentar dar uma especial atenção para o crescimento sustentado da secção. Neste momento ainda não temos muito mas contamos até ao final do ano ter também à volta dos 35/30 miúdos a praticar o mini basket”, explicou Paulo Queirós.

Os treinos do escalão minis realizam-se no Colégio da Trofa, às terças e quintas-feiras, às 19 horas. Já os restantes escalões têm treinos no pavilhão desportivo de S. Romão, distribuídos pelos diferentes dias da semana, com saída do Colégio da Trofa às 18:45 horas e regresso ao mesmo local por volta das 20:45/20:50 horas.

“Os espaços que temos em S. Romão são suficientes, é pena serem distantes da sede do clube. No entanto, a parceira com o Colégio da Trofa tem sido boa, há estruturas e espaços suficientes para os treinos de mini basket”, referiu. Paulo Queirós garantiu que “não há nenhum pavilhão na Trofa que tenha condições para um treino de basquetebol”, por isso, os restantes escalões treinam em S. Romão.

Apesar de alguns entraves, o vice-presidente pretende “que cada um dos atletas se supere, porque se o fizer a equipa também irá ter essa superação”. “Temos consciência das dificuldades técnicas que temos e no atraso que temos em relação aos espaços, perde-se muito tempo na viagem, à espera que o próprio pavilhão esteja disponível para o treino, o que faz com que tenhamos algum atraso em relação a outras equipas. Tudo aponta para que quando se iniciar o campeonato da segunda divisão que possamos lutar pela presença na Final Four, não é objetivo imediato mas é um sonho que perseguimos porque já conseguimos atingir duas vezes com os sub18 há dois e três anos e, esperamos conseguir com outros escalões”, concluiu.

Os interessados podem inscrever-se junto dos treinadores, junto do colégio da Trofa no horário dos treinos, com os diretores ou na sede do clube.
Para mais informações há informação disponível na página do facebook: www.facebook.com/vigorosa.basquetebol.