Apesar do momento favorável que o S. Romão atravessa há quatro jornadas, o Águas Santas acabou por conseguir levar três pontos do reduto da formação liderada por José Carvalho, vencendo por 1-2.

   O S. Romão entrou mal em campo e ofereceu os primeiros vinte minutos ao adversário. No entanto, a equipa da casa mudou de atitude e passou a trabalhar em busca dos três pontos.

Aos vinte e quatro minutos, na sequência de um pontapé de canto de Carvalho, Raúl cabeceou por cima da trave.

Apesar das ameaças da casa, o visitante acabou por conseguir chegar mais cedo ao golo, através de Tim Tim.

O resultado favorável aos forasteiros não fez o S. Romão baixar os braços e este chegou a ameaçar várias vezes a baliza de Gomes. Logo no lance seguinte, a equipa da casa fez o esférico embater nos ferros do Águas Santas.

A segunda parte começou mais favorável ao S. Romão, que logo aos seis minutos do segundo tempo conseguiu igualar o resultado no marcador, através de Cabaço, que correctamente posicionado no segundo poste, enviou o esférico para dentro das redes do adversário. A segunda parte foi mais dinâmica depois de estabelecida a igualdade.

Aos 57 minutos, Carlos na marcação de um livre fez a bola embater na trave dos forasteiros. Era notório que a "sorte" não estava do lado dos visitados.

O golo da vitória acabou por surgir aos 83 minutos, quando Paulo aproveitou o facto de os defesas da casa ficarem a pedir fora de jogo para rematar para dentro da baliza de Ricardo.

Em declarações ao NT, José Carvalho referiu que "entramos mal na primeira parte e demos os primeiros 20 minutos, falhamos muitas oportunidades de golo e acabamos por sofrer o primeiro golo, mais uma vez de bola parada. No domingo passado tivemos a sorte do nosso lado e empatamos, mas hoje não fomos felizes".

O técnico da equipa vencedora, Jorge Lino, afirmou ter-se tratado de "um jogo difícil, onde a equipa do S. Romão bateu-se muito bem, mas estivemos à altura e esperamos o momento certo para matar o jogo e num contra ataque fizemos o golo da vitória. Na primeira parte podíamos ter feito mais golos e o S. Romão também tentou aproveitar as nossas falhas defensivas, mas ainda fomos um justo vencedor".

No próximo domingo o S. Romão será visitado pela formação Vilar Pinheiro, para mais uma jornada da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, série 1.

 

S. Romão: Ricardo, Hélder, Hélder P., Carvalho, Moutinho (Vitó 59'), Folgosa (Raúl 20'), Daniel (Vitó 55'), Carlos, Parreco, Alex (Tino 45') e Cabaço

Treinador: José Carvalho

Águas Santas: Gomes, Roberto, Pimenta, Johnny, Patrício, Pedro Costa, Paulo, Fabrício (João 85'), Quina, Tim Tim e Márcio (Tó 68')

Treinador: Jorge Lino

Cartões amarelos: Pimenta, Parreco, João e Carlos

Marcadores: Tim Tim, Cabaço e Paulo

Resultado ao intervalo: 0-1

Resultado final: 1-2

 

Resultados 21ª Jornada

Inter Milheirós 2-2 Vilar Pinheiro

Os Lusitanos 1-2 Vila Chá

Ramaldense 2-1 Sporting Cruz

Pedroso 2-1 Mindelo

Gondim 2-1 Rio Tinto

Atl. Vilar 2-1 Desp. Portugal

S. Romão 1-2 Águas Santas

 

Próxima Jornada (02-03-2007)

Vila Chá-Inter Milheirós

Sporting Cruz-Os Lusitanos

Mindelo-Ramaldense

Rio Tinto-Pedroso

Desp. Portugal-Gondim

Águas Santas-Atl. Vilar

S. Romão-Vilar Pinheiro

 

Classificação

  1. Gondim – 54 pontos

  2. Desp. Portugal – 46 pontos

  3. Sporting Cruz – 39 pontos

  4. Pedroso – 36 pontos

  5. Vila Chá – 34 pontos

  6. Rio Tinto – 30 pontos

  7. Águas Santas – 29 pontos

  8. S. Romão – 27 pontos

  9. Vilar Pinheiro – 26 pontos

  10. Ramaldense – 24 pontos

  11. Inter Milheirós – 23 pontos

  12. Atl. Vilar – 22 pontos

  13. Os Lusitanos – 19 pontos

  14. Mindelo – 5 pontos