Junta de Romão abriu as portas da sua nova casa, mas a inauguração só vai ter lugar daqui “a quatro ou cinco meses”. A obra que conta com um investimento total de 300 mil euros, é comparticipada em 210 mil pela Câmara da Trofa e 20 mil euros pela DGAL.

Foi ao som dos bombos e em clima de festa que a população de S. Romão do Coronado assistiu este domingo à abertura do novo edifício da Junta de Freguesia, situada na Quinta de S. Romão.

O primeiro domingo de dezembro será agora relembrado pelos romanenses como uma data da mudança e conquista de alguma autonomia, já que o executivo passa a ter uma “casa” própria, abandonando o local pequeno e alugado da Estação da CP.

O edifício é composto por três pisos totalmente restaurados, que, além dos serviços da Junta de Freguesia, passa a dispor de uma biblioteca, sala de informática, um terraço com vista panorâmica, salas para formação e/ou palestras e, no rés do chão, um espaço para um atelier de bordados.

De uma forma “muito simples” e com os grupos da terra, a Junta de Freguesia preparou um programa que assinalasse a abertura do novo espaço, onde agora vai ser possível “atender toda a gente” e trabalhar da “melhor forma”, para dar “continuidade” às suas tarefas.  

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.