Uma homenagem para um homem que sem o saber "já é um rotário". Alfredo Carriço foi reconhecido "pelo percurso de ajuda aos outros", recebendo o título "Paul Harrys", fundador do clube rotário, há 104 anos.

homenagemcarrico.jpg"É uma referência para todos na Trofa". Alfredo Gomes Azevedo foi homenageado pelo Rotary da Trofa, esta segunda-feira, num jantar organizado pela associação, no restaurante "D. Fernando".

Alfredo Carriço, como é conhecido no concelho, teve uma vida dedicada "aos outros e em prol de uma caridade mais digna e mais justa", como referiu o seu filho Alfredo Gomes: "o mundo em que vivemos precisa de pessoas como ele para se seja possível conseguirmos uma sociedade melhor".

O filho do homenageado não deixou de felicitar o clube rotário, "sempre preocupado em fazer o mundo num lugar melhor, promovendo programas educacionais e humanitários para melhor solucionar e erradicar os graves problemas que assistimos hoje relativos a pobreza, fome, analfabetismo, carência de recursos cívicos e carência comunitária".

O presidente do Rotary da Trofa, Tato Diogo explicou os motivos da homenagem feita a Alfredo Carriço: "a homenagem que nos traz cá é para um homem que soube fazer do sucesso profissional aquilo que nos rotários transmitimos no lema 'dar de si antes de pensar em si'". A responsabilidade social de quem tem sucesso profissional é um valor que nós gostamos de elogiar e tornar público", referiu o presidente que não deixou de afirmar que "Alfredo Carriço sem o saber já é rotário, porque os valores que partilha são comuns aos nossos", concluiu.

Para além de um cheque de "modesta quantia", o clube ofereceu ainda ao homenageado o título Paul Harrys, fundador do clube rotário, há 104 anos.

Alfredo Carriço agradeceu a homenagem, mas sublinhou que não merecia tal reconhecimento, já que tudo o que faz "é em nome de Deus para os homens. Se nos amarmos com clareza, com responsabilidade e com amor verdadeiro não precisamos de mais nada, estamos a amar o próprio deus do homem".

O homenageado dedicou boa parte da sua vida às causas sociais, tendo inclusive criado o primeiro lar de idoso da Trofa ao qual chamavam "Lar dos Carriços", onde os mais desfavorecidas eram acolhidos e acarinhados.

Todos os anos o Rotary Clube da Trofa distingue uma personalidade da terra pela sua dedicação e trabalho em prol dos outros a que chamam homenagem Profissional, titulo com o qual já distinguiram alguns empresários da terra.