No passado sábado, dia 6 de Dezembro, o Rotaract Clube da Trofa promoveu uma sessão prática orientada para a educação ambiental, que envolveu crianças da instituição ASAS da Trofa. Reciclagem de papel e separação do lixo foram as actividades desenvolvidas na sessão no âmbito da actividade “Educação Solidária”, que tem como objectivo principal o apoio e o acompanhamento escolar das crianças abrangidas por esta instituição.

rotaractNo âmbito do lema “Realizamos os Sonhos das Crianças”, a acção do Rotaract incide-se em três áreas-chave: educação, saúde e alimentação. “Pretendemos ao longo de 2008/2009 realizar actividades que abordem estas três áreas e sobretudo vocacionadas para as crianças trofenses”, explica Luís Filipe Moreira, presidente do clube. De acordo com o responsável, os principais objectivos traduzem-se “pela acção junto das crianças com mais dificuldades a nível escolar, pretendendo-se o acompanhamento dos seus trabalhos de casa, auxílio e preparação para os testes, desenvolvimento de competências de leitura e escrita”, entre outros.

A actividade “Educação Solidária” foi já realizada no ano passado, a título experimental, durante três meses, tendo abrangido um grupo de sete crianças, de diferentes níveis etários e escolares. “Foi um período de aprendizagem das melhores estratégias a adoptar neste tipo de actividade”, em que se apostou “sobretudo no apoio ao nível dos trabalhos para casa, fichas de trabalho, trabalhos de grupo, entre outros”, sublinha Luís Filipe Moreira. “Uma grande conclusão a que chegamos residiu na necessidade de tornar estas sessões mais dinâmicas e interactivas, recorrendo-se por exemplo a meios audiovisuais”, acrescenta o responsável.

 

O presidente do Rotaract Clube da Trofa propõe como objectivo futuro intensificar esta actividade ao longo de 2008/2009, começando em Dezembro e prolongando-a até Junho de 2009. “O Rotaract Club da Trofa pretende diversificá-la na oferta às crianças abrangidas, apostando em sessões mais interactivas, ateliers temáticos. A educação ambiental realizada no passado dia 6 é um exemplo concreto disto mesmo”, aponta Luís Filipe Moreira. “Pretende-se também que estas duas vertentes se complementem com vista a uma educação contextualizada, rica e fundamentada”, afirma.

 

Motivados para ajudar as crianças ao nível afectivo e educativo, os monitores que constituem a equipa da “Educação Solidária” são provenientes de diferentes áreas profissionais, desde professores de diferentes áreas como as Ciências à Educação Física, de estudantes universitários a engenheiros em diferentes áreas. De acordo com o presidente da Rotaract, “é objectivo do Club, a curto prazo, efectuar contactos com grupos de professores aposentados do concelho da Trofa”.

 

As sessões decorrem aos sábados de manhã, entre as 10h e as 12h, na ASAS, encontrando-se já definido um grupo de 10 a 12 crianças a apoiar, de diferentes idades e níveis escolares.

 

Para obter mais informações e visualizar as fotografias do trabalho realizado no âmbito da Educação Solidária, visite o sítio na internet do Rotaract Club da Trofa em http://rotaracttrofa.wordpress.com/.