A série de jogos com maus resultados não foi suficiente para atirar o S.Romão para a desmotivação. Pelo contrário, neste jogo encontrou o caminho da finalização eficaz e venceu o Ramaldense por 4-3.  

O jogo entre dois “vizinhos” da tabela classificativa era uma esperança para ambas as equipas de somarem mais alguns pontos. Enquanto o Ramaldense vinha de um conjunto de jogos positivos, o S.Romão trazia derrotas pesadas e a vitória neste confronto era esperada por todos, como catapulta de sucesso para os restantes jogos.

O início da partida foi cauteloso, sem nenhuma equipa tomar as rédeas do jogo. Contudo, os visitantes foram os primeiros a marcar, logo aos dez minutos, quando Malheiro conquistou espaço em frente à baliza de Jorge e cabeceou para o golo.

Quatro minutos decorridos e o S.Romão empatou o resultado, num “chapéu” de Fábio ao guardião de Ramalde.

Antes da meia hora de jogo o S.Romão já tinha conseguido chegar ao 3-1: aos vinte minutos Filipe colocou o esférico na baliza e oito minutos depois Carlos, num excelente remate do lado esquerdo, conquistou mais um tento.

Ao tocar com a mão na bola, Gualter viu amarelo e Samuel Capela atribuiu marcação de grande penalidade para os forasteiros, aos trinta e um minutos. Derlei aproveitou a oportunidade da melhor forma e atenuou a diferença de golos.

Na reentrada após intervalo as duas equipas mantinham os seus objectivos fixos, já que o 3-2 era um resultado muito inseguro e ainda restavam quarenta e cinco minutos de jogo.

No 1×1 Miguel conseguiu tomar vantagem sobre o seu adversário e fez mais um golo para a casa, aos sessenta minutos.

Pouco tempo depois o Ramaldense teve a oportunidade de converter mais um penalty, mas a inspiração de Rui não foi suficiente e o remate saiu ao lado.

O resultado final ficou estabelecido a caminho dos setenta minutos, por Ricardo.

O visitante ainda tentou igualar o resultado, mas a defesa da casa manteve-se atenta e Jorge conseguiu barrar as bolas que chegavam às suas redes. 

 

Reportagem alargada na próxima edição de “O Notícias da Trofa”, quinta-feira nas bancas.