Sob falsa abertura de uma loja de ouro, burlões terão iludido um homem, com cerca de 65 anos, conseguindo roubar um cordão de ouro, avaliado em cerca de mil euros.

“Teremos um cordão desses à venda no nosso estabelecimento. Será que podemos tirar uma fotografia?”. Foi com estas palavras que dois indivíduos abordaram um homem, com cerca de 65 anos, sob o pretexto de informá-lo sobre a abertura de uma suposta loja de ouro. Os burlões conseguiram trocar o cordão de ouro, avaliado em cerca de mil euros, por um em latão. 

Tudo terá acontecido na tarde de sábado, dia 31 de março, enquanto o homem estava a proceder às limpezas pascais no exterior da casa, situada na Rua Luís de Camões, em S. Romão do Coronado. Ao mostrarem os folhetos do novo estabelecimento, os burlões pediram autorização do senhor para tirarem uma fotografia ao cordão, que continha uma medalha da Nossa Senhora da Assunção e de um crucifixo, informando-o que também haveria desse género à venda na loja.

Depois disso, colocaram-o dentro de uma saca plástica transparente, entregaram ao dono e foram embora. Até aqui nada de estranho. O problema foi quando o homem pegou no cordão e reparou que este tinha sido trocado por um em latão, apresentando de imediato queixa à Guarda Nacional Republicana da Trofa, que está a investigar o caso.

{fcomment}