A Missão Sorriso, numa parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa e as lojas Continente, desencadearam uma ação nacional de recolha de bens alimentares. Na Trofa, foram angariados 3209 unidades alimentares.

 No âmbito da Luta Contra a fome, a Missão Sorriso juntou novamente a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e as lojas do Continente, numa “ação nacional” de recolha de bens alimentares, que decorreu este fim de semana, dias 20 e 21 de abril.

Na Trofa, 20 voluntários estiveram no Continente, tendo conseguido amealhar “3209 unidades de bens alimentares”, entre “624 quilos de arroz, 546 pacotes de bolachas, 929 pacotes de massa e 524 litros de leite”, que serão distribuídos por famílias carenciadas identificadas pela Delegação da Trofa da CVP. “Esta recolha superou as expectativas iniciais ao nível de quantidades, bem como de envolvimento de voluntários e recetividade da população. Estes alimentos servirão para dar resposta aos pedidos de emergência alimentar que chegam diariamente à Delegação, devidamente encaminhados pelas técnicas de intervenção social”, avançou fonte da Delegação da Trofa da CVP.

Arroz, massa e leite eram os bens de “maior necessidade”, uma vez que a instituição trofense já “não a tinha em stock”. “É com alegria que voltamos a ver alimentos nas nossas prateleiras”, denotou.

A Delegação da Trofa da CVP deixou “um agradecimento especial a todos os que nestes dias contribuíram com géneros, bem como a todos os voluntários que ajudaram a distribuir sorrisos”.

Durante o mês de abril, a delegação da Trofa da CVP teve “22 pedidos de emergência alimentar, efetuados por diferentes técnicos de intervenção concelhios”.

Segundo dados avançados pela Missão Sorriso, “mais de 300 mil pessoas em Portugal” não sabem o que vão poder comer na próxima refeição, pois “não têm qualquer tipo de rendimento”. Já “dois milhões de pessoas vivem com menos de 360 euros por mês, na sua maioria idosos e cerca de 40 mil crianças”.