Rabanadas de vinho, de ovo ou de leite foram apenas algumas das receitas que passaram pelo Parque Nossa Senhora das Dores no primeiro concurso de Rabanadas organizado pela Associação Empresarial do Baixo Ave.

rabanadas.jpg  "Iniciativas destas devem ser para continuar. A Trofa precisa deste dinamismo". Foi desta forma que reagiram os participantes do Concurso de Rabanadas, que decorreu no passado sábado, no Bar junto à Capela de Nossa Senhora das Dores. Vinte receitas de rabanadas, de outros tantos especialistas deste prato tipico da quadra natalícia, participaram neste concurso, tendo sido destacadas as três melhores rabanadas do certame.

A Santa Casa da Misericórdia da Trofa arrecadou o primeiro prémio no valor de 250 euros, tendo esta verba um destino previsto, conforme confirmou Zélia Reis,uma das responsáveis da instituição. "Esta verba está destinada à construção de um centro de acolhimento temporário de crianças e jovens em perigo, por isso, estamos muito felizes com a atribuição deste prémio", concluiu.

Em segunda e terceira posição ficaram classificados Manuela Gouveia e a empresa de panificação Pantir, recebendo 150 e 100 euros cada uma. O júri foi presidido pelo pároco de S. Martinho de Bougado, Padre Luciano Lagoa, fazendo ainda parte do júri o presidente da Direcção da AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave, Manuel Pontes, e a assessora de imprensa da Câmara Municipal da Trofa, Paula Oliveira, como representante desta instituição, enquanto entidades organizadoras do concurso, e ainda Manuel Cepêda e João Silva, especialistas na área da gastronomia.

Depois de provar cada uma das rabanadas a concurso, propostas por 20 especialistas, o júri avaliou segundo alguns critérios tais como o aspecto, odor, sabor, textura, terminando com uma apreciação global.

No final, as cerca de 400 rabanadas presentes foram distribuídos aos transeuntes nas principais ruas de comércio da cidade da Trofa. Esta iniciativa integra-se no projecto "Natal é na Trofa", organizado pela AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave e pela Câmara Municipal da Trofa, que visa dinamizar o comércio local, através de animações que decorrerão nas ruas da Trofa até ao próximo dia 8 de Janeiro, atraindo desta forma o público a efectuar as compras de Natal no comércio local.