rancho 

O Rancho Folclórico da Trofa, que este ano comemora 50 anos de existência, reuniu todos os elementos para um jantar que assinalou o encerramento da época.

Foi com um jantar num restaurante trofense que o Rancho Folclórico da Trofa comemorou no domingo o encerramento da época 2008/2009. Todos os elementos do grupo marcaram presença no jantar, assim como o presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado, José Sá, e o vice-presidente da Câmara Municipal da Trofa, António Pontes.

Entre os momentos de festa e convívio houve também tempo para reflexão sobre o balanço da época e da actividade do rancho. Para Alcino Paixão, presidente do Rancho Folclórico da Trofa, foi “um ano muito bom em relação aos anteriores” em que se registaram “muitas saídas”. “Sedimentamos a nossa posição no meio folclórico”, realçou o responsável, não deixando de evocar o contributo da equipa técnica e ensaiador muito bons, para além do grupo de jovens que “transmite muita alegria”.

Pela comemoração das bodas de ouro celebradas este ano pelo Rancho, o vice-presidente da Câmara Municipal da Trofa ofereceu um cheque no valor de 4.500 euros com a promessa de mais 500 euros posteriormente. António Pontes reconheceu o trabalho do Rancho Folclórico da Trofa e afirmou que este “tem desempenhado um trabalho de grande determinação, empenho e valor para se afirmar cada vez mais como uma grande instituição cultural da Trofa”. “É um rancho pujante, que tem presente e futuro e é de esperar continue com muitos e bons anos com esta juventude”, acrescentou.

Para encerrar o convívio não faltou uma sessão de fados oferecida por alguns dos elementos do Rancho.