A última etapa da Aventura Solidária, de Luís Dinis e Ricardo Santos, terminou na sexta-feira, com a entrega dos bens angariados conseguidos com o valor arrecadado através da venda simbólica dos quilómetros que pedalaram no caminho francês de Santiago.

Os dois amigos decidiram juntar a aventura a um ato solidário e enquanto pedalavam, cada um, 800 quilómetros desde Saint-Jean-Pied-de-Port, em França, até Santiago de Compostela, amealhavam verbas para depois distribuir por duas associações: a ASAS, com ação na Trofa, e o Centro Social e Paroquial de Brufe, de Vila Nova de Famalicão.

No fim da viagem, Luís e Ricardo conseguiram arrecadar “cerca de 2500 euros”, que foram divididos pelas instituições e convertidos em bens necessários. A ASAS pediu e teve “leite, arroz, fraldas, toalhitas, cereais e bolachas”, enquanto o Centro de Brufe recebeu “arroz, leite, azeite, óleo, farinhas láteas e bolachas”.