quant
Fique ligado

Lifestyle

Qual a importância de personalizar as embalagens e sacos de papel?

Um bom saco de papel personalizado tem o poder de promover a sua empresa junto dos seus clientes e amigos

Publicado

em

O marketing tem diversas facetas e vertentes.

À publicidade pura e dura que salpica as páginas de jornais, ecrãs de televisão ou cartazes na rua, juntam-se as estratégias digitais que passam pelo e-mail marketing ou pelos anúncios pagos nas redes sociais, (Facebook Ads, Instagram Ads, etc.).

Mas existem outras formas de chegar ao coração dos consumidores que, apesar de mais tradicionais, oferecem resultados tão bons ou melhores do que as mais recentes técnicas de Marketing Digital.

Esse é o caso das embalagens e sacos de papel que não só permitem acondicionar os produtos comprados, como levam até casa do consumidor a marca que os produziu fazendo, desta forma, perdurar a sua memória no tempo.

Nas feiras e congressos converteu-se em tendência oferecer sacos de papel personalizados com o logotipo da marca ou com uma mensagem publicitária, como parte do pack de merchandising.

Os sacos de papel para publicidade são resistentes, fabricados com material totalmente reciclado e têm um aspeto muito elegante, perfeitos para oferecer em ações promocionais ou eventos publicitários, com o logotipo da empresa.

Motivos para a sua marca apostar em embalagens e sacos de papel personalizados

A aposta na diferenciação para aumentar a visibilidade da marca neste tipo de eventos é uma das grandes virtudes deste tipo de merchandising baseado em embalagens e sacos de papel personalizados, mas há mais. Venha conhecê-las.

Publicidade

Diferenciação

Mais do que proteger e valorizar o seu produto, as embalagens e sacos de papel também têm o condão de agregar valor e contribuir para a diferenciação da sua marca num mercado onde milhares de produtos idênticos disputam a atenção dos clientes.

Para que isso se torne uma realidade, a sua embalagem deve destacar-se dos concorrentes.

Um bom saco de papel personalizado tem o poder de promover a sua empresa junto dos seus clientes e amigos, mas também, a um nível subconsciente, com quem se cruza na rua ajudando a que o nome e branding da sua marca chegue a um maior número de pessoas.

Afinal de contas, quem nunca olhou uma segunda vez para alguém ao seu lado nos transportes públicos ou na rua para tentar descortinar o nome daquela marca que está estampada no saco que transporta?

Ajudam a preservar o produto

O papel possui propriedades que ajudam a preservar o calor e o aroma. Por isso, o saco de papel personalizado é uma das embalagens preferidas das hamburguerias, padarias, pastelarias e outras empresas do ramo alimentar.

Para além de ajudarem a preservar as características dos alimentos, este tipo de embalagens e sacos economizam espaço no transporte e mantêm o alimento seguro e na temperatura ideal para que o cliente desfrute da melhor experiência de consumo.

Contudo, não são apenas as empresas do ramo alimentar a utilizarem as embalagens e sacos de papel personalizados.

Publicidade

Em empresas como farmácias ou retrosarias este tipo de embalagem muito utilizado para acondicionar os produtos de modo a evitar a perdas ou danos.

São uma opção sustentável

A preservação do meio-ambiente passa, entre muitas outras ações, pela diminuição da utilização do plástico e adoção de soluções de embalamento ou transporte em papel.

Prova disso são a substituição, em muitas cadeias de hipermercados, dos seus sacos de plástico por sacos de papel personalizados.

Além de evitar o uso do plástico e proteger o meio ambiente, este tipo de ação irá mostrar aos seus clientes a sua preocupação com um mundo mais sustentável.

Influencia o comportamento do consumidor na altura da compra

A cor das embalagens e sacos de papel personalizados têm um forte impacto na decisão de compra dos consumidores.

Por exemplo, os especialistas consideram que o branco transmite simplicidade, segurança e pureza e que quanto mais cores forem adicionadas à embalagem, menos sofisticado será considerado o produto por parte do cliente.

Isto acontece porque o cérebro humano reage às cores de diferentes maneiras e estas desempenham um papel fundamental na decisão de comprar ou não um produto.

Publicidade

Reforçam a relação com o cliente

Tal e qual um pintor que utiliza o quadro como meio de passar a sua mensagem, as embalagens e sacos personalizados são o “quadro” onde as marcas imprimem o seu quadro de valores.

A forma como elas apresentam o seu design nas embalagens irá ajudar a definir as memórias e sentimentos que os clientes terão delas.

Servem de poderoso megafone à identidade da marca e fomenta a lealdade dos clientes

Todas as plataformas são válidas para projetar a identidade da marca, isto é, para comunicar a mensagem geral da empresa e promover os seus objetivos.

As embalagens e sacos de papel personalizados onde se verifique a presença constante da imagem da marca contribuirá para que os clientes associem os valores da empresa aos produtos que utilizam.

De igual modo, embalagens e sacos de papel personalizados garantem uma identidade de marca bem definida que pode ajudar a fidelizar clientes.

Continuar a ler...
Publicidade

Lifestyle

Operadora portuguesa Nossa Aposta firma parceria com MGA Games

O setor de jogos online está em fase de crescimento e Portugal destaca-se no cenário

Publicado

em

Por

O setor de jogos online está em fase de crescimento e Portugal destaca-se no cenário

Com vista a dar mais diversão aos apostadores portugueses a MGA Games firmou uma parceria de excelência com o casino online Nossa Aposta, fundado em Portugal, que visa diversificar os jogos de casinos e dar mais jogos diferenciados.

Anteriormente parceria similar também foi firmada com o 888 Casino e foi notório o seu crescimento em Portugal, perante os jogos oferecidos. Assim sendo, a Nossa Aposta surge agora com uma nova parceria e o objetivo passa de igual forma por dar mais opção aos apostadores.

Os benefícios da parceria MGA Games e Nossa Aposta

A Nossa Aposta é um dos casinos legalizados em Portugal, que faz parte do grupo Cofina. Perante um nome forte juntou-se à MGA Games que é uma das empresas mais fortes e com reputação na criação de jogos de casino, garantindo diversão aos utilizadores. 

Tendo a diversão em vista, a verdade é que a Nossa Aposta arrecada vários benefícios com o fecho desta parceria, onde se destaca a estratégia de marketing que terão ao dispor, mas também o leque bastante alargado de jogos de casino e apostas em desporto que não constam no mercado português.

Resumidamente, a junção entre duas empresas de excelência levam a que a plataforma online Nossa Aposta tenha uma expansão drástica, criando novos jogos, mas também passar uma forte mensagem de confiança a todos os utilizadores. Além disso, garantem que os seus clientes terão benefícios exclusivos.

O crescimento da Nossa Aposta em Portugal

Os casinos em Portugal têm tido um crescimento gradual nos últimos três anos, segundo a SRIJ. Cada vez mais estes jogos online têm sido mais procurados que os casinos presenciais, elevando a fasquia da diversão online para outro nível, muito devido aos novos hábitos que a pandemia de covid gerou.

Publicidade

Perante isso, a plataforma Nossa Aposta, que pertence ao Grupo Cofina, surgiu em Portugal com o objetivo de satisfazer os apostadores com jogos diferenciados, fora do comum entre a sua concorrência.

Na verdade, a Nossa Aposta é das únicas que surgiu nos casinos de Portugal e não fez investimento em publicidade, deixando o nome e a sua capacidade falar por si só para atrair clientes. Estando associado a softwares de grande prestígio e com jogos fora do normal, mas apelativos, o conhecimento não tardou e rapidamente se tornou num dos casinos no país com fiabilidade.

Jogar online com segurança

Há muitas pessoas que têm conhecimento dos jogos dos casinos presenciais, mas por falta de confiança não se aventuram nos casinos online. Todavia, a segurança e experiência do utilizador é muito simples e eficaz, como no caso da plataforma Nossa Aposta.

Primeiramente é necessário entender que apenas maiores de 18 anos podem divertir-se nos jogos casino, conhecidos como jogos de fortuna ou azar e será obrigatório confirmar a identidade para efetuar movimentos nas plataformas. Posto isso, o processo para se divertir é rápido, principalmente na plataforma de casinos da Nossa Aposta.

Ao aceder ao website basta realizar o seu registo, colocando os dados pessoais e os necessários para fazer entrada na conta. Após isso, está a uma pequena distância dos jogos de casino online. Assim, basta proceder ao depósito do montante desejado e ficará, em poucos minutos, pronto para a diversão.

Na plataforma Nossa Aposta encontra um lote de jogos muito diversificados quando pensamos nos jogos de casino e, agora, com a parceria com a MGA Games terá acesso a mais diversão ainda. 

Portugal está na orbita do crescimento dos jogos online e parcerias com a citada são de grande relevância, dando ênfase com mais relevo a nível nacional às plataformas. Em suma, Portugal não foge ao cenário de crescimento.

Publicidade
Continuar a ler...

Lifestyle

A história do sexo no séc. XX: como evoluiu até aos dias de hoje?

Publicado

em

Por

Incontornável e imprevisível, a história do sexo é tão antiga quanto a da própria humanidade.

A forma como vemos e lidamos com a sexualidade tem evoluído ao longo dos tempos das mais variadas formas, com o século XX como palco para algumas das conquistas mais significativas.

Pelo mundo fora, diferentes países e comunidades vivem esta história a um ritmo diferente, dependendo do contexto sociopolítico e cultural.

A história do sexo nos últimos 60 anos

Contamos-lhe alguns dos marcos mais importantes da história do sexo como a conhecemos em Portugal.

1960: A Revolução Sexual

Foi nos anos 60 que o sexo derrubou muitas das barreiras que nos trouxeram até aqui.

A pílula contracetiva surgiu nos EUA e em Portugal, como “regulador de ciclos menstruais”, e a pornografia foi legalizada na Dinamarca.

Deu-se o Maio de 1968 em Paris, autêntico símbolo da Revolução Sexual, e o Festival de Woodstock, sob o mote “sexo, drogas e rock ‘n’roll”.

Publicidade

1970: Abolição da Censura

Na década de 70, fizeram-se importantes conquistas em relação à liberdade sexual. Foi em 73 que a homossexualidade deixou de ser considerada uma doença nos EUA.

Em Portugal, com o 25 de Abril, houve um boom de revistas pornográficas, foi feita a primeira exibição de um filme pornográfico no cinema (“Emanuelle”), criaram-se consultas de planeamento familiar e uma lei para regulamentar a pornografia.

Ainda no final da década, surgiu uma Campanha Nacional pelo Aborto e Contraceção.

1980: HIV e Educação Sexual

Surgem os primeiros casos de SIDA nos EUA e, anos mais tarde, em Portugal.

Em 1984, falou-se pela primeira vez de educação sexual nas escolas portuguesas. A legislação ampliou também os cuidados de planeamento familiar aos jovens.

Foi ainda no final dos anos 80 que começaram a existir filmes pornográficos para aluguer nos videoclubes.

1990: A Década da Internet

É com o surgimento da internet que o acesso à pornografia é democratizado. Infelizmente, foi também nos anos 90 que se registou o maior número de caos de SIDA em Portugal.

Publicidade

É ainda nesta década que o Viagra surge no mercado, que o número de mulheres a utilizar a pílula como método contracetivo ultrapassa todos os outros métodos e que 49% dos portugueses dizem sim ao aborto em referendo nacional, quase conseguindo a sua legalização.

Anos 2000: Igualdade e Tecnologia

Dos avanços legais aos progressos a nível da saúde e às novidades tecnológicas, temos assistido a inúmeras conquistas no século XXI.

Em Portugal, a pílula do dia seguinte passou a poder ser comprada sem receita médica em 2001, foi implementada a vacina contra o HPV em 2007, ano em que também foi finalmente despenalizado e regulamentado o aborto.

A educação sexual passou a ser obrigatória nas escolas em 2008.

Já em 2010, conquistámos a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Surgem os smartphones e as apps de encontros, que criam novas formas de aceder à pornografia e pintam uma nova dimensão de relacionamentos.

Na terceira década do século, derruba-se a barreira da distância, com tecnologias que permitem a virtualização das relações sexuais.

Na era das sexshop online, da inteligência artificial, da realidade virtual e dos brinquedos com controlo à distância, a descoberta do prazer está cada vez mais ao alcance de qualquer um.

Publicidade

Em entrevista ao EAN 2022, Pedro Correia, CEO da sexshop online em Portugal, Vibrolandia, partilhou a sua perspetiva sobre o presente e o futuro da indústria dos brinquedos sexuais.

Pedro Correia vê no contexto pós-pandémico um aumento da procura destes produtos, e espera que o mesmo se mantenha. No futuro, admite o desconhecido, mas acredita que haverá espaço para tudo: lojas online e lojas físicas, lojas especializadas e grandes superfícies, que terão um papel crucial na normalização deste comércio e da própria exploração da sexualidade.

E nas próximas décadas, como evoluirá a história do sexo? Ainda não conhecemos a resposta, mas mal podemos esperar por descobrir.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também