quant
Fique ligado

Ano 2010

“Turismo e Tecnologias: Interfaces”

Publicado

em

O Curso Profissional Técnico de Turismo Ambiental e Rural organizou no auditório da Escola Profissional Agrícola Conde de S. Bento um Seminário subordinado ao tema “Turismo e Tecnologias: Interfaces”, iniciativa esta que decorreu no dia 17 Março e, que teve uma forte adesão do público, em particular de Escolas que leccionam cursos de turismo.

Um conjunto de Experts e de Entidades do Sector Turístico dinamizaram as temáticas em questão: A Economia, a Tecnologia, a Cultura e o Mundo Digital no Sector do Turismo.

O Turismo de Portugal, Entidade que tutela o sector do turismo a nível nacional, apresentou uma comunicação subordinada ao tema “A Economia Digital e os Sistemas de Incentivos do QREN, às Empresas Turísticas”, demonstrando como a Inovação, Competitividade e Economia Digital, são factores que merecem o apoio do SI Inovação e SI Qualificação.

A Douro-Azul, uma das primeiras empresas portuguesas a apostar no uso das redes sociais, apresentou as estratégias e os benefícios da utilização das mesmas para com a captação de público e formas de melhor utilizar estes recursos em proveito da empresa.

A “Vida InterFácil” foi o tema abordado por um Consultor, Auditor e Formador Especialista, que apresentou a utilidade e a aplicação das Tecnologias de Informação e Comunicação na sua vida a nível profissional e pessoal sempre de uma forma fácil e eficaz.

O Turismo do Porto e Norte de Portugal deu a conhecer um produto inovador, a loja de turismo, inaugurada a 28 de Janeiro em Santiago de Compostela no sentido de apostar no mercado de proximidade, numa parceria com a Secretaria-Geral para o Turismo da Xunta da Galiza com a estratégia de promoção “dois países, um destino”. Entramos no mundo digital, contemporaneo, espacial e de comunicação inteligente para com os produtos, serviços e as informações turísticas de uma região em interface com o Norte de Portugal e de Espanha.

Casa das Artes de Famalicão, o Director deste equipamento cultural apresentou a sala de espectáculos, a programação e a comunicação das actividades e da necessidade de captar os diferentes públicos oferecendo uma programação criativa e distinta, que atinge um segmento de mercado em ascenção no turismo cultural.

Publicidade

A Fundação Cidade de Guimarães, o Director do projecto Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, suscitou a curiosidade de todos explicando a dinâmica, a filosofia e a programação que ostenta um projecto como a Capital Europeia da Cultura! Guimarães em 2012 propõe oferecer uma programação surpreendente, inovadora e criativa que assenta em quatro clusters: cidade, comunidade, pensamento e arte.

No final do dia, todos os participantes sentiram-se desafiados em viver mais “Interfaces” que transportem o talento, a mobilidade e a qualidada de vida entre as redes do hoje e do amanhã de um património natural, histórico, cultural e humano que pertence a todos nós.

Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2010

Tradição de porta em porta

Publicado

em

Por


O Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado mantém viva, ano após ano, a tradição de cantar as janeiras de porta em porta, levando o folclore da região a todas as casas.

(mais…)

Continuar a ler...

Ano 2010

Arte em quatro rodas

Publicado

em

Por

Francisco Maia tem uma oficina de restauro diferente: recupera automóveis antigos há mais de 20 anos.

(mais…)

Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também