rotary

“Distinguir o Professor, reconhecendo o mérito da sua função”, enquanto peça “fundamental do processo formativo e de desenvolvimento pessoal de cada cidadão” foi o principal objectivo da reunião-café, que o Rotary Club da Trofa organizou na passada segunda-feira, no restaurante Julinha, conforme explicou ao NT a presidente do clube.

Esta iniciativa, integrada no mês rotário da alfabetização, foi realizada em parceria com o Rotaract Club da Trofa e consistiu, segundo Mafalda Cunha, num “momento de grande simplicidade e humildade, mas muito rico na partilha de experiências, opiniões, projectos e sonhos, num futuro de maior proximidade e de maior partilha entre toda a comunidade”.

Foram distinguidos os professores dos vários Agrupamentos Verticais de Escolas do concelho, a Escola Secundária e o Colégio da Trofa, assim como o casal Manuel Pontes e Maria Manuel da Silva e Sá, e ainda as professoras envolvidas no movimento rotário, pelos relevantes e valiosos serviços prestados à comunidade, no âmbito da alfabetização.

Em declarações ao NT, a presidente do Rotary Club da Trofa referiu que com esta pequena homenagem o clube “pretende ser voz daqueles que estimam os professores, os respeitam, reconhecem o seu mérito e o seu trabalho e se disponibilizam para colaborar na difícil tarefa de educar”. Penso que conseguimos”, rematou.