José Oliveira, presidente da FAPTrofa, anunciou a sua recandidatura, no jantar com os representantes das associações das escolas do concelho.

Num jantar intimista, onde os filhos não marcaram presença, as associações de pais fizeram o balanço de mais um ano de trabalho. A FAPTrofa – Federação de Associações de Pais do Concelho da Trofa, juntou cerca de 22 associações com os seus representantes, funcionários das escolas e o executivo camarário, para reafirmar que os progenitores “têm cada vez mais responsabilidades na área educativa”.

Durante a iniciativa, José Oliveira, presidente da FAPTrofa, anunciou ainda a sua recandidatura ao cargo. Ao NT/TrofaTv explicou porquê: “Senti que um ano é muito pouco, é praticamente para conhecer a casa e por isso vamos formar uma lista para apresentar na Assembleia geral que decorre no dia 30 de Novembro na Escola Básica de Finzes”.

Confiante “no bom trabalho” realizado ao longo do último ano, José Oliveira enumerou as actividades levadas a cabo pela federação nas escolas básicas do concelho. A entrega das refeições para as crianças, as colónias balneares e um dia dedicado à prevenção rodoviária, são apenas algumas das responsabilidades desta federação que garante um trabalho de “proximidade com pais e alunos”.

A vereadora da Educação da Câmara Municipal da Trofa, Teresa Fernandes, acrescentou ainda outro encargo destes pais: “Organizaram também a entrega dos livros escolares e como a autarquia este ano ofereceu os livros a todas as crianças do primeiro ciclo, todo o valor foi suportado pela FAPTrofa. Claro que o dinheiro é da Câmara Municipal, mas a boa gestão deles ao longo do ano possibilitou que o montante que tinham em sobra cobrisse o valor, gasto a mais este ano na oferta dos manuais escolares a todas as crianças”.

A FAPTrofa considera-se um exemplo no país e a vereadora da educação da autarquia aplaude o trabalho desenvolvido pelos pais ao longo do ano. “Segundo temos conhecimento parece-me que não existe no distrito e, supostamente, no país, nenhuma federação com estas competências que nos foram delegadas pela Câmara Municipal no agendamento das refeições das Escolas Básicas e Jardins-de-infância”, explicou José Oliveira.

Considerando “crucial” esta ajuda da federação e das associações de pais, Teresa Fernandes comentou ainda o “empenho dos pais” que estão “cada vez mais envolvidos na escola”. “É com grande satisfação que vejo, quando vou a uma escola, que quase sempre a Associação de Pais está presente”, acrescentou.

O jantar de confraternização terminou com a entrega de alguns brindes aos pais que participaram na iniciativa.