A Polícia Municipal da Trofa tem uma nova viatura, mais bem preparada para o dia a dia desta força de segurança no concelho.

“Este veículo veio substituir um outro muito ultrapassado. É um carro com maior visibilidade, está mais bem equipado e veio dinamizar muito o nosso serviço”. Quem o diz é Sérgio Inverneiro, comandante da Polícia Municipal da Trofa, que não esconde o contentamento com o novo automóvel, que esteve exposto durante o 7º Colóquio de Prevenção Rodoviária da Federação de Associações de Pais da Trofa.

Até agora, a Polícia Municipal estava “dependente de outros veículos”. Com o novo carro, é possível “chegar mais rapidamente a situações de emergência”, garantiu o comandante. Entre outras coisas, este veículo vem equipado com uma sirene que dá para regular o volume, “e serve para, durante a noite, não fazer tanto barulho”, e um sistema de luzes LED, que permite um “consumo muito reduzido, podendo estar a sinalizar um obstáculo ou acidente durante bastante tempo, não obrigando a que o veículo esteja a trabalhar, como antigamente acontecia”. Esta situação originava, por vezes, que a “bateria descarregasse” e o carro tinha de ser “auxiliado por outro para trabalhar”, explicou Sérgio Inverneiro.

O trabalho dos agentes também é “facilitado”, já que “o veículo leva cinco agentes”, enquanto o carro anterior apenas permitia o transporte de quatro e a “deslocação era muito lenta e desconfortável”.

“O investimento feito foi cerca de 15 mil euros, já que a Polícia Municipal está isenta de impostos”, explicou Assis Serra Neves, vereador da Câmara Municipal. “A outra viatura estava já bastante desgastada e precisava de uma grande intervenção e não servia as necessidades da nossa Polícia”, acrescentou o autarca.

O principal objetivo desta aquisição é permitir à Polícia Municipal estar “mais perto de qualquer situação urgente”, acrescentou o autarca.

À noite, o patrulhamento é feito com o novo carro e com uma outra viatura todo o terreno, cedida pela autarquia, que também será útil na época de incêndios para vigiar as florestas do concelho.

{fcomment}