Nas ruas da Trofa podem ver-se agentes da Polícia Municipal desde 2004. Estes agentes tem funções de fiscalização do cumprimento das normas de estacionamento de veículos e de circulação rodoviária, incluindo a participação em acidentes de viação.

  Na área de jurisdição municipal exerce, ainda, as funções de vigilância de espaços públicos ou abertos ao público, como por exemplo as áreas envolventes das escolas, a guarda de edifícios e equipamentos municipais, a regulação e fiscalização do trânsito rodoviário e pedonal.

Para além destas funções os agentes municipais ainda asseguram toda a população trofense, na prevenção da criminalidade do concelho. Relativamente a este ponto pode dar-se o exemplo do desacato a 2 de Setembro, no interior da igreja de Santa Eufémia, em Alvarelhos. Os agentes que prestaram assistência no local, pedindo ao cidadão que abandonasse o interior da igreja, já que estava a perturbar a cerimónia. Depois de várias tentativas de agressão aos agentes da policia municipal, o cidadão foi detido e conduzido ao Hospital de Santo Tirso pelos Bombeiros Voluntários da Trofa, por apresentar distúrbios comportamentais graves. Mais tarde foi entregue à GNR da Trofa.

Assim, a Polícia Municipal tenta melhorar a qualidade de vida no concelho, transmitindo mais segurança e ajudando no cumprimento das leis.