Câmara da Trofa promoveu Semana da Poesia e envolveu comunidade educativa. Tributo a Manuel António Pina foi última atividade.

 Ainda com a memória fresca do Dia do Pai, as crianças que frequentam o ATL de algumas escolas do concelho recitaram poemas em sua honra no Parque Nossa Senhora das Dores. Catarina António, da Escola de Cedões, foi uma delas: “Meu querido pai // Hoje é o teu dia // Gosto muito de ti // E isso é uma grande alegria”.

Ana Pereira seguiu-lhe os passos: “Pai, papá, paizinho paizão // Tens um lugar no meu coração // Está guardado lá bem no fundo // És o melhor paizão do mundo”.

O propósito era participar nas comemorações do Dia Mundial da Poesia e para a partilhar, os mais pequenos estenderam poemas para que outros os recolham e desfrutem. Para além do “Estendal da Poesia”, as crianças quiseram levá-la mais longe. O desafio passou por atar os poemas a balões e a lançá-los para um destino incerto. O vento que se fez sentir na manhã de 21 de março ajudou a que os balões voassem rápido e longe. Estas foram algumas das atividades da Semana da Poesia na Trofa, que foi “bastante recheada” e na qual “toda a comunidade escolar esteve envolvida”, afirmou o vereador do pelouro da Cultura da Câmara Municipal, Assis Serra Neves.

A Semana da Poesia começou com a inauguração da exposição “Vinte e um Poemas mais um”, teve a apresentação do livro “Sobre Fados”, do poeta Jesús Recío Blanco, e culminou com o tributo ao poeta Manuel António Pina.

No entanto, esta manifestação literária “é celebrada durante todo o ano na Trofa”, destacou o vereador, que exemplificou com a atividade “Hoje vou ao café ouvir poesia”. A próxima sessão está marcada para o dia 25 de abril, com um tributo a Ary dos Santos sobre “As portas que Abril abriu”.

O “Estendal Poético” é uma atividade dinamizada pela Área Metropolitana do Porto e também aconteceu noutros concelhos do distrito.