Motores a roncar e muito cheiro a pneu queimado prometem atrair os amantes do Todo-o-Terreno à pista de obstáculos do primeiro Raid ao Leitão na Trofa. Clube TT da Trofa espera dois mil espectadores de vários pontos do país.

No Alto da Sapateira, em Santiago de Bougado, as fitas estrategicamente alinhadas já anunciam o percurso delineado, que só os amantes do Todo-o-Terreno, minimamente experientes na modalidade, se atreverão a percorrer, no próximo sábado. Contam-se as horas que faltam para o grande Raid ao Leitão, organizado pelo recém-criado Clube TT da Trofa, e na pista de obstáculos esta quarta-feira já se faziam testes para apurar eventuais falhas a eliminar.

Tudo está minuciosamente preparado para o “ponto alto” do evento, totalmente inédito no concelho. “A pista foi elaborada buraco a buraco, pedra a pedra, pneu a pneu, pensando numa ideia nova e inovadora”, adiantou ao NT Manuel Azevedo, presidente do Clube TT da Trofa

.raid-ao-leitao-

Numa pista com cerca de dois mil metros quadrados, os participantes serão desafiados a fazer um itinerário de dificuldade média-alta, passando por obstáculos que obrigarão mesmo ao recurso do guincho. Mas segundo Roger Puial, responsável pela organização da pista e membro do Clube TT da Trofa, estes obstáculos já são intencionados e não faltarão “muitas máquinas a querer mostrar as suas capacidades”. “Depois do percurso de manhã, é na pista que eles vão ter que mostrar o que realmente valem”, referiu, realçando as condições favoráveis da pista. “O terreno é muito bom, localização do terreno também e para os carros haverá estacionamento”, atestou.

As inscrições permitem uma participação de cerca de 50 viaturas na pista de obstáculos, que terá início pelas 16 horas, mas Roger Puial adiantou que “muitas delas poderão fazê-la ou não”. Mas números à parte, o importante é proporcionar momentos de grande diversão e adrenalina ao público, com um “verdadeiro espectáculo” ao som dos motores “a trabalhar com grande força”, ressalvou o responsável.

E para que tudo corra da melhor forma possível, a segurança é o lema máximo que acompanha o Clube TT da Trofa e Manuel Azevedo deixa o apelo: “Alerto todas as pessoas que venham assistir para que não passem as fitas para dentro da pista, porque poderá ser perigoso é não é isso que queremos, queremos que tudo corra bem e acabe em beleza”.

O Raid ao Leitão tem início de manhã com um passeio turístico, que levarão cerca de 50, 60 jipes devidamente preparados a percorrer algumas das freguesias do concelho. Depois da pista de obstáculos, o dia termina com o jantar para o qual estão já encomendados cerca de 30 leitões.