operao-gnr 

Ao todo foram 48 os militares envolvidos numa acção de patrulhamento na Trofa, no dia 28 de Janeiro, onde estavam também inseridas duas equipas das forças de intervenção e uma esquadra a cavalo, que percorreram todo o concelho, deixando quem passava em alerta.

O centro da cidade, a zona comercial, habitacional e da estação de caminhos-de-ferro da Trofa foram os locais onde o patrulhamento foi intensificado. As operações de patrulhamento estiveram inseridas numa acção levada a cabo pelo destacamento da GNR de Santo Tirso, que visava o combate à criminalidade violenta, e decorreram entre as 16 e as 20 horas.

Para além de terem focado a intervenção sobre os pontos onde potencialmente se poderiam gerar actos de criminalidade no concelho, (bancos, estações dos CTT, estações de caminhos-de-ferro da Trofa e S. Romão e postos de abastecimento), os militares da GNR fiscalizaram também o trafego nas Estradas Nacionais 14, 104 e 308.

Durante a operação foram fiscalizados 424 condutores, realizados 51 testes de álcool, com resultados negativos e levantados 26 autos de contra-ordenação ao Código da Estrada.

Foi ainda detido um condutor de 20 anos, na Rua de Sena, cerca das 18.25 horas, por não possuir habilitação legal para conduzir o veículo. Para além desta violação o indivíduo conduzia ainda sem cinto de segurança, sem seguro e inspecção no automóvel. O indivíduo, residente na Trofa, foi mais tarde libertado e notificado para comparecer em Tribunal para aplicação das medidas adequadas. I.M.P.