Depois da saída de Cândido Novais, o secretário da ADAPTA assumiu a presidência da associação até às eleições, que ainda não têm data definida.

Foi para cumprir “um dever como sócio”, mas sobretudo por “um ato de cidadania” que Pedro Costa aceitou assumir a presidência da ADAPTA, conforme estipulam os estatutos da associação, depois de Cândido Novais ter anunciado que não continuaria à frente da direção.

Em entrevista ao NT, o até agora secretário da ADAPTA afirmou que a coletividade já lhe está “no sangue”: “São sete anos como sócio, alguns deles com participação ativa, rodeado de pessoas impecáveis, que me souberam transmitir os valores que uma associação como a ADAPTA exige e, sobretudo, por saber a falta que faz à Trofa uma associação com a sua dimensão, que se preocupa com o bem-estar de todos os trofenses.

Relativamente aos dias de indefinição diretiva, Pedro Costa afirmou que “houve sempre tranquilidade no desenrolar desta situação, dado que a direção funciona como uma família”. “Os contactos nunca deixaram de ser feitos e as reuniões foram feitas regularmente, mas os estatutos preveem a resolução destes contratempos, salvaguardando os interesses da ADAPTA”, assegurou.

A apresentação de uma candidatura para as próximas eleições ainda é uma incógnita, pois, “ainda não chegou à altura de ponderar” essa possibilidade. “Existem situações presentes que têm que ser resolvidas primeiro e só depois podemos pensar em candidaturas futuras”, referiu.

Agora como presidente, Pedro Costa vai “tentar dar o seu melhor na continuidade do excelente trabalho efetuado pelos antigos presidentes”, principalmente com aquele com quem trabalhou nestes últimos três anos, Cândido Novais, “apostando na base ADAPTA que é o ambiente e o património”. “Colocar a ADAPTA ao serviço da população, denunciando as agressões ambientais grosseiras como aquelas que, infelizmente, temos vindo a constatar”, frisou.

As próximas atividades da associação passam, particularmente, por uma abordagem lúdico-recreativa. No dia 29 de maio, no âmbito das comemorações do Mês do Coração, a ADAPTA vai promover, juntamente com a Academia Municipal Aquaplace, uma caminhada.

A associação vai estar presente na edição deste ano da ExpoTrofa, com um stand. “Estamos a ponderar realizar outras atividades com a interação dos novos sócios inseridos nas áreas temáticas da ADAPTA, que serão divulgadas em devido tempo”, concluiu.



{fcomment}