Escola Secundária da Trofa apresentou as diversas ofertas formativas que tem aos dispor dos jovens.

Longe vão os tempos em que os alunos apenas podiam optar entre humanidades ou ciências. A Escola Secundária da Trofa abriu as portas à comunidade para dar a conhecer a oferta formativa que tem disponível para os jovens. Entre cursos profissionais ou ensino recorrente, as opções são muitas e foram apresentadas ao longo do dia 4 de maio, que terminou com uma sessão de esclarecimento no anfiteatro do estabelecimento de ensino.

“Todos os anos, existem cursos que se mantêm e outros que são novidade, já que vamos refrescando um pouco a oferta formativa”, explicou Fernanda Ferraz, responsável da Equipa de Orientação Escolar e Profissional da Secundária da Trofa.

Muitos acompanhados pelos encarregados de educação, os jovens assistiam atentos às explicações sobre os diversos cursos. A escola abrange o 3º Ciclo de Ensino Básico (7º, 8º e 9º anos) e o Ensino Secundário, até ao 12º ano. Até ao 9º ano, os alunos podem optar pelo ensino regular ou por Cursos de Educação e Formação (CEF), como Empregado Comercial, Operador de Informática ou de Jardinagem.

Este ano, a novidade dos cursos profissionais é o de Técnico de Restauração, Restaurante e Bar: “Pensamos que no nosso concelho, esta formação tem todo o potencial para ter sucesso”. “É um curso interessante, os alunos já estão a desenvolver algumas iniciativas”, acrescentou.

Para o próximo ano letivo existem também os cursos de Técnico de Informática de Gestão e Técnico de Organização de Eventos.

Também a nível do ensino secundário, os jovens têm um leque variado de opções, entre os cursos cientifico-humanísticos e os profissionais. A formação em áreas como a informática “tem muita procura” e que, por isso, são mantidos todos os anos. Outras formações vão sendo ajustadas às necessidades dos jovens: “Este ano, deixou de existir o Curso Tecnológico de Desporto, que foi substituído pelo Curso Técnico de Gestão Desportiva”, explicou Fernanda Ferraz, que assumiu que a Escola Secundária tem feito, “ano após ano, uma aposta cada vez maior no ensino profissional”.

A equipa de orientação escolar da Secundária da Trofa estuda, anualmente, quais os cursos que devem abrir no ano letivo seguinte. “Nós não escolhemos a oferta formativa de cada ano só pelo nome dos cursos ou porque achamos que é interessante. Fazemos um trabalho de base, com levantamento das necessidades e analisámos o diagnóstico concelhio efetuado pela Plataforma para a Qualificação e Formação para preparar cada ano”, garantiu a responsável.

As obras ainda estão a decorrer, mas Fernanda Ferraz garante que depois da renovação da escola “há a possibilidade de surgirem novas opções de formação”. O curso de empregado de bar já foi idealizado a pensar nas futuras infraestruturas do estabelecimento, que vão incluir “uma cozinha equipada com todo o material necessário”, proporcionando “todas as condições para que estes cursos funcionem perfeitamente”.

{fcomment}