Honório Novo visitou a Escola Secundária da Trofa para se inteirar da realidade vivida pelo maior agrupamento do país. Deputado do PCP mostrou-se preocupado com o aumento do número de alunos carenciados.

 “Cerca de 45 por cento da população escolar deste agrupamento, isto é, mais de 1400 alunos estão classificados do ponto de vista da ação social nos escalões A ou B”. Este foi um dos dados recolhidos por Honório Novo, deputado do PCP, que visitou a Escola Secundária da Trofa na tarde de segunda-feira, para se inteirar das condições do maior agrupamento do concelho da Trofa. Para o deputado, o número de alunos carenciados “atemoriza” e é “clarificador das dificuldades sociais porque passam as famílias da Trofa”. Esta realidade agrava-se, sublinhou, sabendo que “o Governo dificultou o acesso dos alunos aos apoios sociais escolares”.

 

Outro dos dados “indiretos” que “mostram as dificuldades por que passa esta população” é o número de refeições servidas, diariamente, nas cantinas, revelou. “Quer aqui (Escola Secundária), quer na EB 2/3 (Professor Napoleão Sousa Marques), servem-se cerca de três vezes mais refeições do que serviam há três anos e os alunos já não se queixam tanto da qualidade da comida, mas sim da quantidade, dizendo que é pouca”, frisou.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.