Publicamos esta noticia no dia 1 de abril e sim, esta era uma notícia para marcarmos o dia das mentiras e não corresponde à verdade.

Um pouco por todo o mundo, são muitos os que levam esta data muito a sério. Para esses, esta é uma ocasião perfeita para brincar com familiares, amigos e até com os colegas de trabalho, que são muitas vezes as pessoas mais à mão, enganando-os por diversão. 

Adivinhar qual a inverdade do dia publicada por sites e jornais é outro dos hábitos já instituídos.

As origens do Dia das Mentiras são incertas. Muitos investigadores associam, contudo, a data ao papa Gregório XIII, que em 1582 quis substituir o calendário juliano pelo gregoriano. O dia de ano novo passou a ser assinalado a 1 de janeiro, em vez do fim de março, embora na altura muitas pessoas continuassem a festejá-lo a 1 de abril. Uma mentira que, segundo muitos, pode afinal ter dado origem à tradição de mentir nesta data.

A nossa noticia do dia 1 de abril, o dia das mentiras foi:

Começam, esta quarta-feira, os trabalhos de limpeza e recuperação da Azenha da Barca, junto ao Parque das Azenhas, em S. Martinho de Bougado.

Esta intervenção, que conta com fundos comunitários a 85 por cento, visa a construção de um bar e esplanada, com funcionamento sazonal, durante o período quente do ano.

A obra, que se prevê concluída até ao fim de junho, tem já data de inauguração marcada para o primeiro dia do mês de julho, contando com animação musical e apresentação do projeto de passeios fluviais com gaivotas e canoas.

Leia a notícia completa na edição papel do NT, nas bancas na próxima quinta-feira.