O Parque Aquático de Amarante reabriu a 26 de junho para mais uma temporada, esta marcada pela pandemia de Covid-19, que ainda preocupa no país. Para responder às exigências que a situação epidemiológica exige, o espaço reforçou as regras de segurança, tendo merecido o selo “Clean & Safe” (Limpo e Seguro), atribuído pelo Turismo de Portugal.

O número de pessoas no interior do espaço “será controlado a todo o momento”, para que a lotação permitida do espaço durante este período de alerta, que é de 50 por cento, “nunca seja ultrapassada”.

Além disso, o espaço tem de assegurar “o tratamento das águas de todas as piscinas” e a “presença presença de equipas permanentemente dedicadas nas tarefas de desinfeção e segurança sanitária”.

Durante o inverno, foram feitos investimentos, nomeadamente, com “três novos escorregas para adultos, integração do complexo da piscina de ondas ao ar livre, duas novas atrações paras os mais pequenos e criação de uma zona verde com um enorme solário com vista para o rio”, anunciou Hélder Silva, diretor do complexo, que apela aos utilizadores uma conduta responsável.

“Sugerimos a compra de bilhetes online, garantir que todos os membros não apresentam sintomas do vírus ou não estiveram em contacto com potenciais portadores do mesmo, e ler previamente as regras de conduta disponíveis no site e redes sociais”.