Longe vão os tempos em que os cursos profissionais estavam “enclausurados” no preconceito. Atualmente, são uma saída cada vez mais valorizada pelos jovens estudantes e elogiada pelo mundo empresarial, ávido de recursos humanos com experiência prática nas mais diversas áreas.

Atenta à crescente procura, a Escola Secundária da Trofa tem apostado na abertura de cursos profissionais desde há alguns anos e vai manter este caminho aberto para os alunos. No próximo ano letivo, abrem os cursos profissionais de equivalência ao 12.º ano de técnico auxiliar de saúde, animador sociocultural e técnico de gestão e de equipamentos informáticos.

Para o ensino básico, e com equivalência ao 9.º ano, há a opção de os estudantes enveredarem pelo curso de educação e formação de operador de informática.

As inscrições podem ser feitas no ato da matrícula escolar.

Segundo Fátima Maia,  coordenadora do Ensino Profissional da Escola Secundária da Trofa, este ano cerca de 70 alunos estão a terminar os cursos profissionais, argumentando que esta via educativa é cada vez mais uma escolha válida para os jovens.

Entre as diversas vantagens que um curso profissional dá – como a oferta dos materiais e manuais necessários para os diferentes módulos e das refeições – está a possibilidade, “cada vez mais facilitada”, de prosseguir estudos no Ensino Superior.

“Temos protocolo com diversas instituições, principalmente do concelho da Trofa, onde os nossos alunos fazem a formação em contexto de trabalho, preparando-se assim para o seu futuro”.

Fátima Maia,  coordenadora do Ensino Profissional da Escola Secundária da Trofa