A Oratória de Joseph Haydn, denominada “A Criação”, celebra “a criação do mundo, baseando-se no Livro do Génesis, da Bíblia”. Esta obra, que é “um profundo ato de fé de um compositor profundamente religioso”, será interpretada durante o concerto de Páscoa da Paróquia de S. Martinho de Bougado, pelas 21.30 horas da próxima quarta-feira, 16 de abril, na Igreja Nova da Trofa, em S. Martinho de Bougado.

Para o pároco Luciano Lagoa, esta é “uma obra sacra de grande envergadura” que constitui “uma mais-valia para a nossa terra”.

“A Criação” será interpretada pelo Coro da Sé Catedral do Porto, considerado “um dos melhores agrupamentos corais de Portugal”, e pela Orquestra Filarmonia das Beiras, sob a direção do Cónego António Ferreira dos Santos, “uma das figuras mais importantes da música sacra nacional” e que é natural de Guidões.