O Paradela continua sem vencer no campeonato. A jogar em casa com o Regilde, os atletas da Trofa permitiram que o adversário chegasse à vantagem e não teve arte nem engenho para conseguir inverter o resultado.

 "Este foi pior jogo do Paradela até agora". Abílio Dias era a voz do descontentamento no final do encontro entre Paradela e Regilde, que acabou na derrota dos trofenses por uma bola a zero. O técnico foi peremptório em afirmar que a equipa nada fez para vencer o jogo e apresentou-se com uma atitude "muito diferente do que já nos habituou".

Este é já o quarto desaire do conjunto de Paradela no campeonato da 2ª Divisão da Associação de Futebol, série 2, e o oitavo encontro consecutivo sem vencer. Recorde-se que o último triunfo dos atletas liderados por Abílio Dias foi alcançado na segunda jornada no reduto do Livração por 1-2. Desde aí, o Paradela nunca mais reencontrou o caminho dos resultados positivos e a falta de clarividência no sector mais avançado do terreno tem sido o principal motivo para o período menos conseguido da equipa.

Relativamente à partida que teve lugar na Trofa, o Regilde entrou melhor e podia ter chegado à vantagem logo nos primeiros minutos, por intermédio de Costa, que rematou para defesa do guarda redes Rodolfo. O Paradela respondeu com um remate inofensivo de Ferraz que também saiu à figura do guarda redes adversário. Num período de maior "pressing", o Paradela conseguiu colocar o esférico dentro da baliza do Regilde, mas o lance foi anulado por suposto fora de jogo de Paulinho.

Contudo, foi o Regilde que conseguiu inaugurar o marcador, por Ariel, na sequência de um cruzamento efectuado por Rogério sobre o flanco esquerdo do ataque forasteiro.

Na segunda parte, poucas foram os lances perigosos juntos de ambas as balizas. Enquanto que o Regilde se contentava com a vantagem mínima, o Paradela não teve arte nem engenho para contrariar o resultado e conseguir pontuar. A partida ficou marcada ainda pela expulsão de Cerqueira já nos minutos de desconto e que o impede de fazer parte dos convocados para a próxima jornada no reduto do Zezerense, clube que ocupa a vice-liderança do campeonato.

Em declarações ao NT, o treinador do Paradela, estava bastante insatisfeito com a prestação da sua equipa. Abílio Dias considerou mesmo que este "foi o pior jogo do Paradela até agora" e que os atletas estiveram muito longe do que já fizeram. Apesar de considerar que o Regilde também "não fez muito para vencer", o técnico reconheceu a derrota e frisou a importância de encontrar "uma explicação para poder fazer mudanças no sistema de jogo".

O treinador aproveitou ainda para pedir desculpa a todos os adeptos do Paradela pela derrota, "porque mereciam outra atitude dos jogadores" e prometeu tentar fazer melhor nos próximos jogos.

Por seu lado, José Gonçalves, técnico do Regilde, parabenizou os seus atletas por formarem "um grupo unido" e que "mesmo sem condições têm lutado bastante para conseguir os resultados positivos" que os coloca no terceiro lugar.

O Paradela, na opinião de Gonçalves, "é uma equipa surpreendente e que se bateu muito bem", pelo que o resultado mais justo "seria o empate".

Com duas vitórias, três empates e quatro derrotas, o Paradela ocupa o décimo lugar com 9 pontos, os mesmos que Zebreirense. O Medense é o líder deste campeonato com 20 pontos.

 

Paradela: Rodolfo, Rui (Pedro Carvalho), Diogo, Tó Mané, Sérgio, Becas, Pedro, Gualter (António), Paulinho, Ferraz e Miguel (Cerqueira)

Treinador: Abílio Dias

Regilde: Zé, Flávio, Emanuel, Mateus, Neca, Costa, Gil (Tiago), Faustino (Jorge), Ariel, Carlinhos e Rogério (Zé Manel)

Treinador: José Gonçalves

Árbitro: Luís Gomes, auxiliado por Cândido Bessa e Vitor Dias

Cartões Amarelos: Faustino, Costa, Rui e Cerqueira

Cartão Vermelho: Cerqueira

Marcador: Ariel (35')

Resultado ao intervalo: 0-1

Resultado final: 0-1

 

Resultados 10ª jornada

Zebreirense 3-2 Soalhães

Livração 2-1 Zezerense

Paradela 0-1 Regilde

Crerstuma 1-0 Aliança Gandra

Medense 1-0 Felgueiras

Âncede 0-1 Atlético Croca

Folgou: Vila Caiz

 

Classificação

  1. Medense – 20 pontos

  2. Zezerense – 19 pontos

  3. Regilde – 17 pontos

  4. Crestuma – 17 pontos

  5. Felgueiras – 14 pontos

  6. Livração – 14 pontos

  7. Atlético Croca – 12 pontos

  8. Soalhães – 12 pontos

  9. Aliança Gandra – 10 pontos

  10. Paradela – 9 pontos

  11. Zebreirense – 9 pontos

  12. Vila Caiz – 7 pontos

  13. Âncede – 5 pontos