Um dos sete pontos que o Paradela já alcançou foi conseguido no reduto do Croca, no passado fim-de-semana, na igualdade a uma bola. O tento da igualdade foi marcado pela equipa da Trofa já nos minutos finais.

  O Paradela soma e segue. Em seis jogos realizados tem oito pontos, num registo considerável, tendo em conta, que é uma equipa estreante em campeonatos federados pela Associação de Futebol do Porto.

Mesmo em inferioridade numérica, o Paradela conseguiu somar um ponto no reduto do Croca, no passado fim-de-semana, num jogo a contar para a sétima jornada da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, série 2.

O nulo entre as duas equipas permaneceu durante toda a primeira parte e só na etapa complementar surgiram os golos, o primeiro por parte da equipa do Croca. Já a equipa de Abílio Dias conseguiu igualar a partida, na sequência de um lançamento cobrado por Paulinho, que Ferraz aproveitou para materializar em golo.

O tento alcançado já nos minutos finais da partida moralizou os atletas trofenses, que até jogavam em inferioridade numérica, fruto da expulsão de Gualter, num momento caricato entre a equipa de arbitragem. O jogador que tinha recebido assistência solicitou a reentrada no jogo, o árbitro auxiliar deu ordem de entrada, mas o árbitro principal não o entendeu e exibiu o segundo cartão amarelo a Gualter. Mesmo assim o conjunto do Paradela nunca desistiu e todo o empenho demonstrado foi premiado com o golo da igualdade.

O técnico Abílio Dias revelou ao NT que o Paradela foi uma equipa "lutadora" e mereceu o ponto conquistado fora de casa. O resultado "satisfatório" demonstra toda a qualidade de um plantel que "estava apenas habituado a jogar num campeonato concelhio pouco competitivo".

Abílio dias afirmou que os oito pontos alcançados em seis jogos acabam por ser "pouco reveladores" de uma performance "exemplar" do clube da Trofa.

Para a próxima jornada, o Paradela recebe o Felgueiras no seu novo campo. As obras nos campos em Paradela já terminaram e estão prontos para receber os jogos da 2ª Divisão da AFP.

O técnico trofense espera "um bom resultado", que para além de se repercutir na tabela classificativa, será "um presente" para todos os associados e simpatizantes do clube. No entanto, Abílio Dias não deixou de referir "o poderio" da equipa adversária.