Palestra conduzida por Tito de Morais explorou riscos e benefícios da utilização dos videojogos. O auditório encheu-se de pais e alunos que não se coibiram de questionar o mentor do projecto nacional Miúdos Seguros na Net.

Desengane-se quem pensa que o Farmville é um produto contaminador para as crianças. Da lista enumerada, este jogo, associado à rede social Facebook e que consiste em explorar uma quinta, foi o que mais reuniu consenso na palestra sobre dependência de videojogos, promovida pela Escola Secundária da Trofa.

Apesar de ao mesmo tempo estar a decorrer a Feira Anual da Trofa, a palestra encheu o auditório da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, no passado sábado. O orador era, nada mais nada menos, que o credenciado Tito de Morais, mentor do projecto Miúdos Seguros na Net, que explorou os riscos e os benefícios da utilização dos videojogos.

“Desmistificar” e explicar as diferenças entre os conceitos de vício, dependência e utilização excessiva foi uma das preocupações do orador, que depois referiu “as soluções para utilizar os videojogos no sentido de tirarem benefícios que eles têm para oferecer”. Para isso, Tito de Morais apresentou alguns sítios na Internet onde reinam os jogos didácticos e links para software que permite fazer controlo parental e delimitar, por exemplo, o tempo que uma criança pode estar no messenger.

coloquio-videojogos

O orador mostrou-se satisfeito com a participação activa da assistência, composta por pais e filhos: “A mim deu-me um prazer particular, porque senti da parte das pessoas que houve participação e interesse. Quando as pessoas não ficam caladas e participam é sempre um prazer acrescido participar neste tipo de acções”, sublinhou.

Tito de Morais confirmou ainda o sucesso do projecto que estruturou há sete anos, numa altura em que os problemas da Internet não entravam na “agenda da sociedade portuguesa”.

Quem também estava satisfeito pelo sucesso da palestra era Paulo Jorge Ferreira, presidente da Associação de Pais da Escola Secundária da Trofa: “Eu faço um balanço extremamente positivo, tivemos o auditório cheio e um orador de categoria, de renome nacional e internacional. Todas as pessoas que saíram daqui mostraram uma satisfação enorme e um interesse entusiástico na participação que demonstraram durante toda a palestra”.

Segundo o responsável, este tipo de iniciativas pretende “sensibilizar a sociedade para uma cultura de valores, para os bons princípios que a regem e incutir hábitos saudáveis a toda a comunidade”.

Depois desta palestra, a Associação de Pais da escola já preparou mais iniciativas. O mês de Abril ficará marcado pela palestra sobre a nutrição e os problemas inerentes à obesidade e à magreza excessiva.

Antes do final do ano lectivo, está ainda agendada uma acção de orientação vocacional para ajudar os alunos na progressão dos estudos.