“Em 19 de novembro de 1998, fui a Lisboa,assim como milhares de trofenses, em busca da emancipação, enfim da nossa Liberdade. Na época, era deputado à Assembleia de Freguesia de S.Martinho de Bougado, e por inerência, membro da Comissão Promotora do Concelho da Trofa, (ver livro Concelho da Trofa de Costa Ferreira, página 108) e como tal, em Lisboa, fui convidado para marcar presença nas galerias, onde assisti à votação e proclamação da nossa independência. Na altura, fiquei um pouco desiludido com o poder na Trofa, pois, no meu entender, fizeram um aproveitamento político da situação e quem era PSD era a favor da independência e quem era PS era contra. Nada mais enganador, mas que servia os interesses de uns quantos, que com o decorrer dos tempos viriam a ser desmascarados. A independência deveria servir a Trofa e nunca alguns trofenses, como ainda hoje é o caso… Mas fico-me pela felicidade de saber a minha Trofa independente!”

Abel Ferreira