quant
Fique ligado

Espetáculos

Os Azeitonas no Coliseu do Porto

Publicado

em

Os Azeitonas actuaram na noite de 2 de Novembro no Coliseu do Porto, em mais um concerto inserido na promoção do mais recente trabalho de estúdio Az, e nesta que foi a primeira passagem da banda pelo Coliseu. Perante uma sala repleta de fãs, com destaque para muitas famílias em que pais acompanhavam as gerações mais jovens, o concerto de aproximadamente 2 horas encheu, certamente, as medidas daqueles que numa noite de Outuno foram até à sala mítica da Invicta para cantar, dançar, sorrir e aplaudir (com) Os Azeitonas.

Marlon, Nena, Miguel AJ e João Salcedo contaram com a companhia de todos os músicos que participaram na gravação deste novo trabalho, o que se traduziu na presença de mais de quarenta músicos em palco, ao longo do concerto. Violinos e violoncelo, clarinetes e saxofone e a Fanfarra KaustiKa contribuiram para a imensa animação da noite. Os ingredientes restantes foram as danças constantes e muito sensuais (no caso de Nena) e a cumplicidade de um público que não se fazia rogado face aos apelos directos e indirectos para acompanhar a festa que se fazia em palco.

A banda que para o ano comemora os seus 12 anos de actividade estava nitidamente feliz por tocar num Coliseu repleto de fãs e iniciou a sua actuação à capela, cativando logo a audiência. Ray-dee-Oh, Tonto de ti, Café Hollywood, Pander, Quem és tu Miúda e Zão, haviam de ser cantados em conjunto com o público, que aplaudiria de pé por várias vezes (talvez inquieto de ter de assistir ao concerto em lugares sentados).

Anda Comigo Ver os Aviões, música do terceiro álbum e sobejamente conhecida por todos, foi cantada em uníssono e foi o mote perfeito para um dos momentos da noite: o lancamento de milhares de aviões de papel pelo público. A surpresa tinha sido preparada pelo grupo de fãs da banda, Os Azeitolas, que criaram aviões de papel que foram distribuídos antes do início do espetáculo. E no momento que se começaram a ouvir os primeiros acordes da música, os aviões foram lançados de todos os cantos, e aqueles que aterravam no público eram de novo arremessados, enquanto a letra da música era entoada num desfilar do refrão que foi repetido vezes e vezes sem conta – ou não fosse esta a música preferida de muitos.

Dança, Menina Dança provocou uma enorme onda de dança com Marlon a chamar os vários elementos em palco para a irem dançando, o que rapidamente contagiou a sala toda. Na música Nos Desenhos Animados, o foco da atenção esteve em Nena, com a sua bela e doce voz numa interpretação (sempre) sensual. Houve ainda tempo para a dedicatória a Rui Veloso, importante músico na história da carreira d’Os Azeitonas, ou não tivesse sido através dele que a banda nasceu para os discos.

Na recta final do concerto a Fanfarra Kaustika entrou em cena pelo centro da plateia em direção ao palco, trazendo muita energia aos últimos temas da noite e ajudando a imprimir um ainda maior ar de festa. A grande surpresa surgiria no final do concerto, com a banda e todos os músicos participantes a saíram pela porta do Coliseu do Porto rumo à rua. Acompanhados de muito público foram descendo em direcção ao Rivoli, cantando e convivendo, fechando de uma forma deliciosa um concerto animado que não podia acabar entre paredes, apesar de os sinais de festa no interior serem evidentes (o Coliseu acabou repleto de milhares de aviões de papel e alguns balões coloridos). A banda, que é do Porto, estava em casa e como tal, a cidade tinha que a ver passar numa manifestação espontânea de festa e que foi o corolário daquilo que Os Azeitonas tinham feito no interior do Coliseu do Porto. Segue-se o concerto de dia 15 no Coliseu de Lisboa.  

Publicidade

Texto: Joana Teixeira

Foto: Nuno Fangueiro

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Espetáculos

CCB transmite concerto da Orquestra de Câmara Portuguesa no Museu Soares dos Reis

Publicado

em

Por

O Centro Cultural de Belém vai transmitir, no dia 15 de julho, o concerto Serenata, da Orquestra de Câmara Portuguesa, no Museu Soares dos Reis, no Porto. A entrada é livre e a transmissão começa às 21h30.

Este evento surge no âmbito do projeto CCB – Cidade Digital, que o Centro Cultural de Belém desenvolve, em parceria com a Direção-Geral do Património Cultural, com o objetivo de transmitir gravações de espetáculos do CCB por todo o país e permitir a novos públicos, a fruição digital de espetáculos, em lugares fundamentais da nossa cultura e identidade.

Continuar a ler...

Espetáculos

FESTIVAL EDP VILAR DE MOUROS – HORÁRIOS

Publicado

em

A organização do festival EDP Vilar de Mouros acaba de divulgar os horários dos concertos que vão decorrer nos dois palcos, o EDP e o MEO, preparados para receber as 18 bandas que atuam nos dias 22, 23 e 24 de agosto, sob a promessa de um ano inesquecível para todos os apaixonados por música.

A edição 2019 traz-nos um cartaz eclético e com confirmações de peso: no palco EDP atuam bandas como os The Cult, Manic Street Preachers, Anna Calvi, The Offspring, Skunk Anansie, Nitzer Ebb, Prophets of Rage, Gogol Bordello e Linda Martini, e, no palco MEO os Therapy?, The Wedding Present, Tape Junk, The Sisters of Mercy, The House of Love, Clan of Xymox, Fisher-Z, Gang of Four e Jarojupe.

Deslocação (Desconto CP e Transfer Gratuito Óptica Pistosga)
Os festivaleiros com passe do evento têm 30% de desconto na CP na compra de viagens em intercidade, inter-regionais e regionais com destino e partida de Caminha, de 18 a 25 de agosto. O transfer gratuito de autocarro panorâmico entre Caminha e o Festival mantém-se, com o patrocínio da Óptica Pitosga, com paragens no Terreiro (Caminha), na estação de comboios e no Festival das 14h às 4h, com periocidade de 30 em 30 minutos.

Pequeno-almoço do campista
A pensar no bem-estar dos campistas, o EDP Vilar de Mouros e a Pastelaria Riviera sugerem um prático pequeno-almoço que inclui Leite ou Sumo + Pão ou Croissant Misto + Fruta, por apenas 3,50€, de 19 a 25 de agosto. As encomendas deverão ser feitas até às 11h do dia anterior à entrega e deverá ser levanta no Posto de Informações, junto da entrada principal do Parque de Campismo, entre as 9h30 e as 10h00.

DJ’s e animação até às 4h
De 22 a 24 de agosto, vai existir, pela primeira vez, um espaço de entrada livre com DJ’s, animações e bares até às 4h, para que todos possam fazer parte da história do EDP Vilar de Mouros e possam beber o que de melhor tem o festival.

“O Melhor do Festival toca a todos”
No âmbito da campanha “O Melhor do Festival Toca a todos”, desenvolvida em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, destaca-se a aposta no apoio à modernização e melhoria zonas de mobilidade reduzida, da sua sinalética, bem como melhorar a qualidade dos caminhos de acesso a essas mesmas áreas, no sentido de proporcionar melhor conforto e bem-estar aos seus utilizadores. Por outro lado, pretende-se garantir o apoio a pessoas com mobilidade reduzida através da presença de técnicos da SCML no local e estacionamento próximo da entrada. 

Vertente Social e ecológica
Outra das novidades passa pela ação de sensibilização de recolha de roupa, no centro de Caminha, com o apoio da Coca-Cola. As peças doadas serão entregues a instituições locais e cada participante receberá uma coca-cola por doação.

Publicidade

Como medida de sustentabilidade também a mobilidade para o recinto é reforçada com a disponibilização de bicicletas gratuitas, com dois pontos de recolha/entrega, um no recinto e outro em caminha, que fazem igualmente a ligação entre as praias fluvial e marítima.

Numa edição prestes a arrancar, a freguesia de Vilar de Mouros e o festival preparam-se para escrever mais uma página da sua história. Os últimos anos têm contado com a presença de milhares de visitantes e vários artistas que têm marcado cada edição, como os Incubus, The Pretenders, Editors, dEUS, GNR, U2, Elton John, UB40, Rammstein, Bob Dylan, Neil Young, Peter Gabriel, PJ Harvey, Zeca Afonso, Amália, Carlos Paredes entre muitos outros.

O EDP Vilar de Mouros tem data marcada para os dias 22, 23 e 24 de agosto e os bilhetes encontram-se disponíveis nos locais habituais e na Ticketline.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também